“Aos dois anos recebi as minhas primeiras chuteiras”, Joana Bessa, AD Lousada

jb1

1)B.I. Futebolistico

Nome completo: Joana Rafaela Machado Bessa
Nome Futebolístico: Machado
Local e data de nascimento: Paredes 7.3.2001
Nacionalidade: Portuguesa
Profissão: Estudante
Ano que iniciaste a prática futebol federado: 2016-2017
Clubes que já representaste no futebol: Águias Figueiras
Clube Actual: AD LOUSADA
Posição especifica: Ponta de lança
Títulos Colectivos Conquistados: Competições amigáveis
Títulos Individuais Conquistados: Nenhum por enquanto mas lutarei para os conquistar
Número de internacionalizações: Nenhuma
Clube Favorito: Sem dúvida Sport Lisboa Benfica
Número Preferido: 37
Jogador preferido: Cristiano Ronaldo
Jogadora preferida: Marta Vieira da Silva
Uma virtude: . Determinação
Um defeito : Resmungona

2)Como é que começaste a praticar futebol?

Comecei a praticar futebol desde que nasci praticamente, aos meus dois anos recebi as minhas primeiras chuteiras e comecei a dar os primeiros toques na bola, motivada pelo meu pai e pelo meu avô materno. Que conseguiram assim despertar o ”bichinho” do futebol dentro de mim.

bessa1

3)Tiveste o apoio da tua família?

Sim, tive sempre o apoio da minha família em todas as decisões tomadas na minha vida e estão presentes em todos os momentos. Só lhes tenho a agradecer por todo o apoio depositado em mim.

4)O futebol foi sempre a única paixão, ou gostavas de fazer desporto em geral?

Sempre gostei de desporto em geral, mas sem dúvida sempre tive uma ”queda” para o futebol, o futebol sempre foi e continuará a ser a minha paixão

5)Qual foi o melhor e o pior momento que viveste no futebol até hoje e porquê?

O futebol é um desporto que não se joga, vive-se e é composto por várias emoções vividas todas elas dentro de campo, podendo ser todas estas muito diversas…tristeza, alegria, frustação, cansaço, desespero, felicidade, pressão, são muitas, muitas mesmo as emoções dentro de campo e fora dele também. Como todos os futebolistas tive também os meus melhores e piores momentos, sendo um dos meus melhores momentos vividos no futebol, o meu primero golo marcado pelo ADLousada e um dos meus piores momentos vividos no futebol, foi ter de parar um longo período de tempo a minha prática de futebol por motivos pessoais.

6)Como te descreves como jogadora?

Como jogadora, não sou melhor ou pior do que ninguém das minhas colegas de equipa, dou tudo por tudo dentro de campo, trabalho arduamente nos treinos para trabalhar todas as falhas cometidas nos jogos e para melhorar tecnicamente o meu futebol, simplesmente vivo o futebol e faço-o com amor, persistência, garra e determinação.

besa4f

7)Tens alguma superstição ou ritual antes ou depois dos jogos?

Sim, entro sempre com o pé direito dentro de campo, benzo-me antes do início do jogo e dou o grito com a minha equipa no início e no fim do jogo. Tudo isto são simples atos que me deixam inspirada para lutar durante o jogo

8)O que te motiva para continuares a jogar futebol?

O sonho de chegar à seleção nacional e poder fazer várias internacionalizações, mas acima de tudo a paixão pelo futebol que vive comigo.

9)Alguma vez sentiste que o futebol te prejudicava nos estudos ou na tua vida profissional?

Sim, ao princípio foi complicado conciliar futebol e estudos, mas com tempo fui organizando a minha vida e consigo agora perfeitamente conciliar o futebol e os estudo.

10)A falta de condições e de reconhecimento do futebol feminino é só um problema de dinheiro?

A falta de dinheiro é realmente o principal problema da falta de condições e reconhecimento do futebol feminino, mas também a infeliz existência do preconceito por parte de certas pessoas, por acharem que futebol é so para homens.

11)Achas que o futebol feminino ainda está ligado a preconceitos?

Como referi anteriormente infelizmente o futebol feminino ainda está muito ligado ao preconceito, embora nos últimos anos tenha vindo a diminuir, ainda se observa bastante preconceito.

12) O que achas que irá mudar no futebol feminino em Portugal se tivermos uma primeira liga totalmente profissional?

Se Portugal tiver uma primeira liga totalmente profissional, o futebol feminino irá mudar muito, pois terá mais reconhecimento e irá diminuir o preconceito pois teríamos uma oportunidade de mostrar ao preconceituosos que também temos valor e também temos direito a lutar por nossos sonhos.

bessa1f

13)Qual a liga estrangeira que mais te atrai?

Liga espanhola

14)Se te aparecesse uma oportunidade para ser profissional em Portugal ou no estrangeiro aceitavas?

Claro que aceitava sem pensar duas vezes

15)Até quando pensas jogar futebol?

Irei jogar futebol até à minha cabeça não tiver mais força para puxar meu corpo para o relvado, até às minhas pernas não poderem correr mais atrás de uma bola, até Deus me impor limites.

16)Como pensas que será vestir a camisola da seleção portuguesa?
Achas que as pernas tremem muito ?

Vestir a camisola dá seleção portuguesa e carregar aquele símbolo ao peito seria um privilégio e uma enorme honra, seria a realização de um sonho.
Se as pernas tremeriam muito? Sem dúvida, seria uma enorme pressão em cima de mim, pois estaria a representar uma nação, iria estar a representar o meu país, e sei que milhões de pessoas iriam estar a depositar a sua confiança em mim e nas minhas colegas de equipa, logo não as queria desiludir de forma alguma.

Deixe um comentário