Bicampeãs nacionais arrancaram os trabalhos de pré-época na Academia Sporting

À semelhança do que aconteceu com a equipa de futebol profissional e com a formação de sub-23, também as bicampeãs nacionais já regressaram aos relvados da Academia Sporting para o arranque da pré-época. Que é como quem diz… para voltarem a tratar a bola por ‘tu’.

As saudades apertavam e quem o confirmou foi Ana Borges, capitã leonina, que embora tenha aproveitado a sexta-feira para realizar os habituais exames médicos, marcou presença antes do início da sessão de trabalhos matinal. “Existiam saudades. Sem dúvida. Quem joga futebol quer estar sempre a fazê-lo e, por isso, estamos todas ansiosas pelos jogos oficiais, sendo que a época começa com a primeira fase da Liga dos Campeões”, disse, em exclusivo ao Jornal Sporting e à Sporting TV.

E não falta muito! O Sporting CP entrará em campo para a prova europeia entre os dias 7 e 13 de Agosto – portanto, estamos a cerca de um mês -, sabendo que tem pelo caminho o Osijek (Croácia), o Dragon 2014 (Macedónia) e as norueguesas do Avaldsnes, emblemas que compõem o grupo 10.

“Passar a primeira fase da Champions é o primeiro grande objectivo da época. Estamos a trabalhar para lá chegarmos na melhor forma”, continuou a extremo verde e branca, que na temporada passada levou para casa – além do ‘triplete’ nacional – o título de melhor jogadora da Liga Allianz.

“Não jogo sozinha. O prémio também é de toda a equipa. Acaba por ser o reconhecimento da nossa qualidade”, sublinhou, garantindo que o plantel está focado em superar o sucesso dos últimos dois anos.

“Esta pré-época servirá de adaptação para as atletas que chegam. Será bastante fácil assimilarem as nossas características, até porque têm qualidade. Depois de termos recarregado baterias, voltamos na máxima força. Nenhuma equipa se cansa de ganhar”, rematou.

A mensagem foi reforçada por Nuno Cristóvão, técnico leonino. Sobre a ‘Liga Milionária’, o treinador mostrou-se conhecedor. “Ainda vamos ter oportunidade de analisar melhor os adversários, mas penso que as campeãs norueguesas [Avaldsnes] são o rival mais forte”, apontou.

Numa altura em que as curiosidades são muitas, o míster não deixou de revelar algumas das ideias para o Sporting CP de 2018/19. “Não sou muito defensor daquelas teorias antigas que afirmam que numa fase inicial se tem de sobrecarregar as jogadoras. Além disso, do ponto de vista técnico-táctico, queremos alterar algumas coisas, porque a equipa do Sporting CP é já muito vista. Quer em Portugal, quer no estrangeiro. Quanto mais qualidade tiverem as atletas, mais facilidades têm em afirmar-se e o Clube só vai contratar jogadores de grande qualidade”, concluiu.

O destaque do treino desta manhã foi para Nevena Damjanovic, internacional sérvia que chegou para reforçar a defesa.

In http://www.sporting.pt

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *