Bruna Costa: “Trabalhamos para chegar longe”

A jovem defesa confessa o sonho de estar presente no seu primeiro Campeonato da Europa.

A Seleção Nacional feminina sub-19 cumpre esta terça-feira o segundo dia de um estágio de preparação que vai decorrer na Cidade do Futebol até à próxima quinta-feira, 15 de março.

O Treinador Nacional José Paisana fez uma alteração em relação à convocatória inicial: Inês Salvador (Sporting) entrou para o lugar de Paula Ferreira (Vilaverdense).

Bruna Costa, uma das mais experientes jogadoras sob a orientação da equipa técnica nacional, não esconde a ambição com que encara a preparação para a Ronda de Elite: “O facto de já ter jogado outras competições deste género faz com que tenha possibilidade de ajudar as minhas colegas a ter consciência das dificuldades que vamos encontrar. Eu nunca cheguei a nenhum Europeu, é o meu último ano sub-19, e obviamente que gostava muito de lá chegar. No entanto, o mais importante é ajudar a equipa, dentro e fora de campo”, referiu.

A importância do estágio de observação que decorre na sede da FPF é inequívoca, na opinião da internacional portuguesa: “É preciso estarmos concentradas em todos os momentos, a começar nestes estágios de preparação. São excelentes oportunidades porque isto não é só chegar e jogar. Os estágios são curtos, mas intensos. Estes dias a trabalhar em conjunto são muito importantes para nós”, salientou.

E o que se pode, afinal, esperar de Portugal nos próximos jogos? “Uma equipa muito unida e trabalhadora. Tal como vimos na Seleção A, queremos jogar ‘olhos nos olhos’ com qualquer equipa. Vamos sempre deixar tudo em campo, os rankings não importam. Trabalhamos para conseguir chegar longe”, concluiu.

Programa da Seleção Nacional feminina sub-19:

14. 03. 2018| quarta-feira
10h30 Treino (Cidade do Futebol)
18h30 Jogo-treino sub-15 SC Linda-a-Velha (Cidade do Futebol – campo 3)

15. 03. 3018| quinta-feira
10h30 Treino (Cidade do Futebol)

In www.fpf.pt

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *