Carolina Mendes é reforço das leoas

Carolina Mendes é reforço das leoas e mostrou-se feliz por finalmente chegar a ‘casa’

De regresso às origens. Carolina Mendes tem 30 anos, é avançada e uma das caras mais conhecidas da Selecção Nacional. Fora do país há sete anos, veio do Atalanta Mozzanica (Itália) para chegar finalmente ao Clube que lhe enche as medidas, assinando pelas leoas até 2020, com mais um ano de opção.

“Este é o Clube do meu coração e é sempre bom estar em casa. Estou muito feliz por ter sido o Sporting CP a proporcionar-me condições para poder voltar a Portugal e ser profissional no meu país”, começou por dizer ao Jornal leonino, explicando os motivos que a levaram a aceitar o convite.

“O campeonato português mudou muito desde que saí. Apesar de só existirem ainda duas equipas profissionais, o campeonato está muito mais competitivo. Espero um nível mais alto e acho que estou pronta para corresponder a essas expectativas”, sublinhou.

Carolina Mendes, que foi a primeira jogadora a marcar pela selecção num europeu, vai agora vai partilhar o balneário – e as próximas conquistas – com muitas atletas que já conhece da equipa das quinas. “Penso que vou ser bem recebida. Grande parte das minhas companheiras que estão agora no Sporting CP também já jogaram comigo na selecção, por isso acho que não vou ter dificuldades de integração. Espero estar ao nível daquilo que é o Clube e de tudo o que esta formação tem vindo a demonstrar. Quero ganhar títulos e espero fazer parte da história do futebol feminino no Sporting CP”, explicou.

Por fim, em jeito de balanço, a nova jogadora às ordens do míster Nuno Cristóvão apontou a mira aos objectivos futuros: “Venho para ajudar. Espero que continuemos a ganhar taças, títulos e também que em competições europeias consigamos chegar o mais longe possível”, rematou, pela primeira vez de leão ao peito.

In www.sporting.pt

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *