Francisco Neto: “Organização e superação”

Selecionador Nacional Francisco Neto dá a receita para o encontro com os EUA, marcado para esta quinta-feira, às 18h06, no Estoril.

Portugal defronta, esta quinta-feira, no Estoril, a poderosa seleção dos Estados Unidos, num jogo com início marcado para as 18h06, e transmitido em direto pela CMTV.

Na antevisão da partida, Francisco Neto assumiu que as internacionais portuguesas terão de se superar para contrariar o poderio das Campeãs do Mundo.

“Sabemos que precisamos de jogar contra estas equipas. Era impossível dizermos que não aos Estados Unidos. Vamos com humildade e respeito para este jogo. Temos que crescer nas dificuldades, só assim vamos ficar mais fortes”, começou por referir o Selecionador Nacional.

Francisco Neto admitiu que qualquer seleção tem pontos fracos, ainda que no caso das norte-americanas não sejam evidentes. “Mostrámos a realidade às jogadoras e não vamos esconder nada. Não há nenhuma equipa no Mundo sem pontos fracos, se é que se pode dizer que têm”, frisou.

Mais do que um resultado positivo, o Treinador valoriza a oportunidade de crescimento diante da formação que lidera o ranking mundial feminino da FIFA.

“Este jogo servirá para sermos e vermos qual é a diferença para estas equipas de topo. O objetivo principal é as jogadoras terem noção do que precisam para lá chegar”, explicou.

O técnico não tem dúvida de que Portugal só conseguirá surpreender os EUA com “uma boa organização e superação”.

“Temos que manter a nossa identidade, a nossa forma de jogar e estarmos muito concentradas. Temos de mostrar uma boa organização e resolver os problemas que nos vão criar”, declarou, acrescentando que irá “apelar ainda à superação e espírito de entreajuda” das jogadoras.

“Porque amanhã [esta quinta-feira] será um dos maiores desafios”, rematou.

Entradas gratuitas

Quem quiser assistir ao encontro entre portuguesas e norte-americanas, no Estádio António Coimbra da Mota, no Estoril, poderá fazê-lo de forma gratuita, mediante a apresentação de um bilhete-convite, que poderá ser levantado na bilheteira do estádio.

Árbitra inglesa

O Portugal-EUA será dirigido por Rebecca Welch, da Grã-Bretanha. A árbitra britânica será auxiliada pelas compatriotas Sian Massey e Helen Byrne. A portuguesa Vanessa Gomes desempenhará funções de quarto árbitro.

Histórico desfavorável frente às norte-americanas

No histórico dos confrontos entre Portugal e EUA, a formação norte-americana é vencedora absoluta, com seis vitórias em seis jogos disputados – quatro no Torneio Internacional Algarve Cup e dois numa competição norte-americana, realizada na Flórida, em 1999.

Jogos com País de Gales

O embate frente aos EUA será o primeiro de três jogos de preparação que a Equipa das Quinas vai disputar em novembro. Seguem-se dois encontros frente ao País de Gales, o primeiro a 10 de novembro, às 18h00, no Estádio Municipal de Rio Maior; e o segundo, três dias depois, no Estádio Municipal José Martins Vieira, na Cova da Piedade, pelas 15h00.

In www.fpf.pt

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe um comentário