InStat: “Esta medida permite, um “aproximar à distância” nas condições de trabalho dos clubes.”, Paula Pinho Treinadora do Clube Albergaria

A plataforma InStat foi um meio que a FPF encontrou para ajudar os treinadores das equipas da Liga Allianz a incrementarem a qualidade do seu trabalho. Algumas funcionalidades são: a disponibilização da gravação do jogo completo, a sectarização dos momentos do jogo, a análise individual das jogadoras, da comparação do desempenho entre as jogadoras de ambas equipas presentes no jogo e a possibilidade de se fazer download desses dados para um disco rígido. Fomos ter com o treinadora Paula Pinho para saber que avaliação faz.

 

 

Concorda que a plataforma InStat tenha sido uma mais valia para os treinadores?

Sim, uma mais-valia importantíssima. Com esta medida a FPF permitiu que todos os clubes tivessem um instrumento de trabalho ao dispor que de outra forma não seria possível. Parece-me que seriam poucos a ter capacidade financeira para suportar este custo. Esta medida permite, um “aproximar à distância” nas condições de trabalho dos clubes.

Qual das funcionalidades lhe pareceu ser efetivamente uma mais valia para o trabalho semanal?

Gravação do jogo completo da nossa equipa, bem como a disponibilização dos restantes jogos da jornada. Permite-me enquanto treinadora uma análise crítica em relação ao desempenho da minha equipa quer em termos individuais, sectoriais e/ou colectivos e possibilidade de factualmente as confrontar com isso. Corrigimos e crescemos com auto análise, auto avaliação e auto critica. A observação dos restantes jogos da jornada, possibilita análise da equipa adversária num contexto daquele que será o jogo connosco… Jogar fora/casa poderá ter influencia; como aborda o jogo com uma equipa teoricamente mais forte ou do mesmo nível competitivo… São aspetos que podemos analisar face à disponibilidade de todos os jogos de todas as jornadas.

Que dificuldade sentiu para a sua utilização?

Nenhuma. Aquando de um workshop promovido em Coimbra por parte da FPF para todos os clubes da Liga Allianz houve o cuidado de realizar uma sessão de esclarecimento direcionada a treinadores com vista à explicação funcional da plataforma. Além da simplicidade das suas funções, sempre houve contacto disponível para qualquer esclarecimento.

 O planeamento dos seus treinos foi alterado por causa da informação recolhida na plataforma?

Situações muito pontuais que resultaram da observação e análise do jogo da equipa adversária. Como já disse, ter todos os jogos disponíveis acaba por nos dar uma base de observação muito vasta. Procuro um jogo do meu adversário próximo de um contexto competitivo daquele que terá com a minha equipa. Nenhum treinador muda identidade de uma equipa numa semana com vista a um jogo, mas há pormenores a ter em atenção na equipa adversária que poderão fazer a diferença no desenrolar do mesmo. E é importante dar conhecimento à minha equipa daquilo que à partida poderão encontrar.

 Sentiu vantagens práticas na observação da equipa adversária, para o jogo da 2ª volta?

Sinceramente, mais para o jogo da primeira volta, até porque houve muitas equipas que para mim eram perfeitamente desconhecidas. Observar essas equipas antes do jogo da primeira volta foi altamente vantajoso, permitiu ficar com ideia próxima daquilo que iriamos encontrar. Para a segunda volta, já contei, logicamente, com o que vi e senti na minha observação direta do jogo da primeira volta, depois complementada com observação das imagens.

Disponibilizou informação orientada às suas jogadoras, por meio de emails ou qualquer outro meio de armazenamento (pen, dvd?), para que elas pudessem fazer trabalho de casa?

Sim. Recorri muitas vezes à muita informação disponível, facultando-a às minhas jogadoras. Digo-lhes muitas vezes que tudo se tornará mais fácil a partir do momento que elas percebam a minha cabeça nisto do que pretendo ser ideia de jogo da minha equipa. Além de individualmente lhes ter facultado essa informação, conseguimos estar algumas vezes em grupo a fazer essa análise critica… Pena tenho que não haja mais tempo disponível para este género de trabalho de observação e analise por parte delas… mas isto já nos levaria a outro género de conversa… até pode haver condições de trabalho, mas o mais importante, as jogadoras, podem não ter possibilidade devido à sua condição de amadorismo de usufruir delas.

Nota: Iremos divulgar as opiniões de todos os treinadores da liga allianz. Este trabalho foi realizado pela página passes em profundidade para o portal futebol feminino portugal, com a colaboração da sports and girls

Deixe um comentário