InStat: “Foi uma grande ajuda na preparação dos jogos”, José Rui Pereira Treinador Vilaverdense

A plataforma InStat foi um meio que a FPF encontrou para ajudar os treinadores das equipas da Liga Allianz a incrementarem a qualidade do seu trabalho. Algumas funcionalidades são: a disponibilização da gravação do jogo completo, a sectarização dos momentos do jogo, a análise individual das jogadoras, da comparação do desempenho entre as jogadoras de ambas equipas presentes no jogo e a possibilidade de se fazer download desses dados para um disco rígido. Fomos ter com o treinador José Rui Pereira para saber que avaliação faz.

Concorda que a plataforma InStat tenha sido uma mais valia para os treinadores?

Foi uma grande ajuda na preparação dos jogos.

 Qual das funcionalidades lhe pareceu ser efetivamente uma mais valia para o trabalho semanal?

O aspecto táctico bem como a análise nas bolas paradas.

 Que dificuldades sentiu para a sua utilização?

Poucas, é um programa simples de identificar.

O planeamento dos seus treinos foi alterado por causa da informação recolhida na plataforma?

Várias vezes, treinamos consoante a informação que nos fornecia. Serviu também para melhorar os nossos processos.

 Sentiu vantagens práticas na observação da equipa adversária, para o jogo da 2ª volta?

Além do meu conhecimento, sim, serviu de base para preparação de jogos.

 Disponibilizou informação orientada às suas jogadoras, por meio de emails ou qualquer outro meio de armazenamento (pen, dvd?), para que elas pudessem fazer trabalho de casa?

Disponibilizamos por email e demonstramos em palestra.

Nota: Iremos divulgar as opiniões de todos os treinadores da liga allianz. Este trabalho foi realizado pela página passes em profundidade para o portal futebol feminino portugal, com a colaboração da sports and girls

Deixe um comentário