José Paisana: “Crescimento sustentado”

Estágio de quatro dias permitiu ensaiar estratégias para torneio da FIFA, marcado para agosto

O treinador nacional da Seleção Sub-15 feminina, José Paisana, considera que foram cumpridos os objetivos dos quatro dias de estágio da equipa, que decorreram até este domingo na Cidade do Futebol. “O nosso principal objetivo era trabalhar o melhor possível com este grupo alargado de jogadoras, a pensar no torneio da FIFA para o qual fomos convidados em agosto, numa organização da Concacaf. Quisemos observar e praparar este lote de jogadoras, desenvolvendo o nosso jogo, de forma a podermos escolher o lote final para o torneio. Tínhamos 35 jogadoras referenciadas, uma parte delas já com maior maturidade e uma outra capacidade, e uma outra com jogadoras menos experientes”, começou por explicar.

Trabalhar com este grupo de jogadoras, com diferentes níveis competitivos, dando-lhes outras competências, foi uma missão bem conseguida, segundo José Paisana: “Foi muito positivo nesse sentido, porque pudemos encontrar qualidade nestas jogadoras, que será aproveitada no futuro, nomeadamente para as Seleções Nacionais de Sub-16 e Sub-17. Temos já uma base significativa de jogadoras, que nos permite encarar o futuro com otimismo, trabalhando este crescimento de forma sustentada”.

Nestes quatro dias de trabalho, a Seleção de Sub-15, que contou com 35 jogadoras concentradas, realizou vários treinos e ainda com dois jogos de preparação diante da equipa masculina de Sub-13 do Linda-a-Velha. No final deste mês, a equipa nacional voltará a concentrar-se, nessa altura com um lote bem mais reduzido de jogadoras, de forma a participar no torneio internacional da Concacaf, para o qual a FPF foi convidada, e que vai realizar-se em Miami, nos Estados Unidos, na primeira quinzena de agosto. Portugal já sabe que ficará no grupo da seleção organizadora (Estados Unidos), El Salvador e Jamaica.

In www.fpf.pt

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe um comentário