Liga dos Campeões 2018: Wolfsburgo – Lyon: guia da final

Wolfsburgo e Lyon vão defrontar-se na final da UEFA Women’s Champions League pela terceira vez: saiba o essencial sobre o jogo em Kiev a 24 de Maio.

©Getty Images

Wolfsburgo e Lyon vão defrontar-se pela terceira vez em seis épocas na final da UEFA Women’s Champions League, após terem eliminado adversários ingleses.

O Lyon, vencedor das duas últimas edições, bateu o Manchester City na luta por chegar ao quinto título europeu, enquanto o Wolfsburgo, duas vezes campeão, deixou pelo caminho o Chelsea.

Currículo

Wolfsburgo: na final pela quarta vez em seis participações. Espera imitar o feito de Lyon e Frankfurt, únicos tricampeões.

Lyon: na final pela sétima vez, um recorde. Ambiciona ser a primeira equipa a conquistar cinco títulos, três deles consecutivos.

Final de 2016: Lyon vence Wolfsburgo nos penalties

Final de 2016: Lyon vence Wolfsburgo nos penalties

 Confronto directo na competição

Quartos-de-final de 2017
1ª mão: Wolfsburgo 0-2 Lyon – Abily 62, Marozsán 89
2ª mão: Lyon 0-1 Wolfsburgo (total: 2-1)  Hansen 82pen

Final de 2016
Wolfsburgo 1-1 Lyon (ap, 3-4 pens) – Popp 88; Hegerberg 12

Final de 2013
Wolfsburgo 1-0 Lyon – Müller 73pen

Principais jogadoras

Wolfsburgo
Alex Popp: versátil avançada alemã autora do golo do empate tardio na final de 2016 entre as duas equipas.
Pernille Harder: estrela do ataque da Dinamarca, finalista do UEFA Women’s EURO de 2017, e goleadora desde que chegou do Linköping.

Lyon
Camille Abily: na última época da carreira, participou nos quatro títulos do clube e é a melhor marcadora na competição por uma só equipa (42 golos), além de ter sido a primeira atleta a chegar aos 80 jogos na prova.
Ada Hegerberg: esta época alcançou o recorde partilhado de mais golos numa só campanha (14). No total em 2017/18, soma 46 golos em 26 jogos.

Final de 2013: Wolfsburgo quebra reinado do Lyon

Final de 2013: Wolfsburgo quebra reinado do Lyon

Percurso rumo à final

Wolfsburgo
16 avos-de-final: Atlético 3-0f, 12-2c (total: 15-2)
Oitavos-de-final: Fiorentina 4-0f, 3-3c (total: 7-3)
Quartos-de-final: Slávia Praga 5-0c, 1-1f (total: 6-1)
Meias-finais: Chelsea 3-1f, 2-0c (total: 5-1)

Lyon
16 avos-de-final: Medyk Konin 5-0f, 9-0c (total: 14-0)
Oitavos-de-final: BIIK-Kazygurt 7-0f, 9-0c (total: 16-0)
Quartos-de-final: Barcelona 2-1c, 1-0f (total: 3-1)
Meias-finais: Manchester City 0-0f, 1-0c (total: 1-0)

Principais estatísticas

  • Luisa Wensing, Lena Goessling, Anna Blässe e Alex Popp sagraram-se campeãs pelo Wolfsburgo em 2013 e 2014.
  • Goessling, Blässe e Popp foram titulares frente ao Lyon na final de 2016.
  • Sarah Bouhaddi, Wendie Renard, Camille Abily e Eugénie Le Sommer são tetracampeãs pelo Lyon e recordistas de finais.
  • Bouhaddi e Renard participaram nas seis finais do Lyon, mais do que qualquer outra jogadora em finais separadas.
  • Lara Dickenmann alinhou pelo Lyon que perdeu com o Wolfsburgo em 2013 e foi derrotada pelo Lyon ao serviço do Wolfsburgo em 2016.
  • Lyon disputou cinco finais franco-alemas, vencendo três e perdendo duas.
  • Nas últimas oito épocas, só por uma vez a final não contou com uma destas equipas (Frankfurt 2-1 Paris, 2015).
  • Treinadores Stephan Lerch (Wolfsburgo) e Reynald Pedros (Lyon) estão na época de estreia e comandam equipas femininas pela primeira vez.
  • Amandine Henry pode juntar-se a Abily, RenardÉlodie Thomis, Popp, Le Sommer, Babett Peter e Bouhaddi, com 50 jogos no torneio.

In pt.uefa.com

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe um comentário