“Não é por sermos jogadoras de futebol que deixamos de ser raparigas”, Tânia Paixão, CB Almodôvar

tania paixão2

1) B.I. Futebolistico
Nome completo: Tânia Palma Paixão
Nome Futebolístico: Tânia
Local e data de nascimento: 12-03-1996, Beja
Nacionalidade: Portuguesa
Profissão: Estudante
Ano que iniciaste a prática futebol federado: 2012
Clubes que já representaste no futebol: Casa do Benfica de Almodôvar
Clube Actual: Casa do Benfica de Almodôvar
Posição especifica: Defesa Central
Títulos Colectivos Conquistados : Nenhum
Títulos Individuais Conquistados : Nenhum
Número de internacionalizações: 0
Clube Favorito: Benfica
Número Preferido: 16
Jogador preferido: Cristiano Ronaldo
Jogadora preferida: Carla Couto
Uma virtude: Paciência
Um defeito: Teimosa

 

 

2)Como é que começaste a praticar futebol?

 

Comecei por incentivo de amigos no Verão de 2012, foram eles que me incentivaram a entrar no mundo do futebol.

 

 

3)Tiveste o apoio da tua família?

Sim, a minha mãe sempre me apoiou mais o meu padrasto.

 

tania paixão1

 

4)O futebol foi sempre a única paixão , ou gostavas de fazer desporto em geral?

 

Sempre gostei muito de futebol, mas também praticava natação.

 

 

5)Qual foi o melhor e o pior momento que viveste no futebol até hoje e porquê?

 

É difícil responder a isso, todos os momentos passados em campo são bons, e claro, depois temos aqueles em que sofremos quando sofremos algum golo ou quando as coisas não correm como nós queríamos que corressem.. Mas tento dar sempre o meu máximo em campo, e quando sei que consigo fazer melhor e não o faço fico bem irritada comigo própria. ”

6)Como te descreves como jogadora?

 

Sou uma jogadora calma, mas muitas das vezes conseguem tirar-me do serio.

 

 

7)Tens alguma superstição ou ritual antes ou depois dos jogos?

 

Não, antes do jogo tento sempre entrar o menos nervosa possível e dou sempre o meu melhor.

8)O que te motiva para continuares a jogar futebol?

 

O amor que sinto pela camisola e a “família” que ganhei neste clube.

 

tania paixao3

 

9)Alguma vez sentiste que o futebol te prejudicava nos estudos ou na tua vida profissional?

 

As vezes um difícil conciliar o futebol com os estudos, mas quando gostamos muito daquilo que praticamos tudo é possível.

10)A falta de condições e de reconhecimento do futebol feminino é só um problema de dinheiro?

Não, no futebol feminino também existe o problema discriminação pelo facto de sermos raparigas, e ainda há muito quem pense que o futebol é só para os rapazes, o que é um prefeito disparate.

 

 

11)Achas que o futebol feminino ainda está ligado a preconceitos?

Sim, ainda há muitos preconceitos por as raparigas também gostarem de jogar futebol. Não percebo porque pensam assim, fazemos aquilo que gostamos tal como um rapaz o faz, e não é por sermos jogadoras de futebol que deixamos de ser raparigas.

 

 

12)Achas que num futuro próximo vamos ter uma liga profissional em Portugal?

 

Gostava que isso acontecesse, era sinal que o futebol feminino já era visto de uma maneira diferente-
tania paixão
13)Qual a liga estrangeira que mais te atrai?

 

Não tenha preferência por nenhuma liga estrangeira

14)Se te aparecesse uma oportunidade para ser profissional em Portugal ou no estrangeiro aceitavas?

Claro que sim, e ia sempre dar o meu melhor.

 

 

15)Até quando pensas jogar futebol?

 

Não faço ideia, jogar futebol é mesmo uma das minhas grandes paixões.

 

 

16)Como é vestir a camisola da selecção portuguesa?

Acho que ia ser uma das melhores sensações do mundo.

 

 

17)Qual a sensação antes de entrar em campo na 1ª internacionalização ? As pernas tremem muito ?

Se isso algum dia acontecesse nem sei como iria controlar os nervos, o meu corpo todo ele ia estar a tremer. Mas sei que tinha pessoas la que me iam ajudar a superar esses nervos e dar sempre o melhor de mim em campo.

Deixe um comentário