” O melhor momento no futebol foi quando marquei o meu primeiro golo”, Mariana Parreira, Palmelense FC

parreira1

1) B.I. Futebolistico

Nome completo: Mariana Gregório Parreira
Nome Futebolístico: Mariana
Local e data de nascimento: Setúbal 10.04.2003
Nacionalidade: Portuguesa
Profissão: Estudante
Ano que iniciaste a prática futebol federado: 2012
Clubes que já representaste no futebol: Palmelense Futebol Clube, São Domingos Futebol Clube, União Futebol Comércio e Industria, Escola de Futebol Feminino de Setúbal
Clube Actual: Palmelense Futebol Clube
Posição especifica: Extremo
Títulos Colectivos Conquistados: Campeã série D infantis A AFS
Títulos Individuais Conquistados: Nenhum
Número de internacionalizações: Nenhum
Clube Favorito: Benfica
Número Preferido: 10
Jogador preferido: Messi
Jogadora preferida: Ana Borges
Uma virtude: Persistente
Um defeito: Ter mau de perder

2)Como é que começaste a praticar futebol?

Com os amigos na escola.

3)Tiveste o apoio da tua família?

Sim, sempre.

4)O futebol foi sempre a única paixão, ou gostavas de fazer desporto em geral?

Sempre gostei de fazer todo o tipo de desporto.

5)Qual foi o melhor e o pior momento que viveste no futebol até hoje e porquê?

O melhor momento no futebol foi quando marquei o meu primeiro golo, foi muito importante para mim porque estava a jogar o meu primeiro jogo oficial.
O meu pior momento foi quando me lesionei no pé e tive muito tempo parada sem jogar.

6)Como te descreves como jogadora?

Competitiva, inteligente.

7)Tens alguma superstição ou ritual antes ou depois dos jogos?

Não.

8)O que te motiva para continuares a jogar futebol?

O fato de gostar de praticar esta modalidade.

9)Alguma vez sentiste que o futebol te prejudicava nos estudos ou na tua vida profissional?

Sim. Nem sempre é fácil conseguir gerir os treinos/jogos com a escola.

10)A falta de condições e de reconhecimento do futebol feminino é só um problema de dinheiro?

Não. Este desporto foi sempre visto para o sexo masculino, no entanto penso que aos poucos vamos conseguir que o futebol feminino seja reconhecido com os mesmos direitos do futebol masculino.

11)Achas que o futebol feminino ainda está ligado a preconceitos?

Sim, muito. Oiço muitas vezes as pessoas referirem, que quem o pratica é considerada “ maria rapaz”.

12) O que achas que irá mudar no futebol feminino em Portugal se tivermos uma primeira liga totalmente profissional?

Acho que seria muito importante sendo uma forma de reconhecer esta modalidade também para o sexo feminino. Por outo lado iria atrair mais raparigas a esta prática.

13)Qual a liga estrangeira que mais te atrai?

A liga espanhola.

14)Se te aparecesse uma oportunidade para ser profissional em Portugal ou no estrangeiro aceitavas?

Sim.

15)Até quando pensas jogar futebol?

Até poder.

16)Como pensas que será vestir a camisola da seleção portuguesa?
Achas que as pernas tremem muito ?

Seria uma sensação arrepiante e ao mesmo tempo de grande orgulho poder representar algum dia o meu país. Com certeza que as pernas iriam tremer muito.

Deixe um comentário