Portugal com a melhor defesa da Algarve Cup

À entrada para a última jornada da fase de grupos, a Equipa das Quinas ostenta o melhor registo defensivo da prova, com apenas um golo sofrido.

Portugal prepara-se para disputar, frente à Noruega, esta segunda-feira, a terceira e última jornada do Grupo A da Algarve Cup 2018. O encontro está marcado para as 19h00, no Estádio Algarve.

À entrada para a ronda decisiva da fase de grupos, a armada lusa soma quatro pontos e apresenta a melhor defesa do torneio, com apenas um golo sofrido, à frente de Suécia e Coreia (dois golos sofridos) e também Dinamarca, Canadá e Austrália (três golos sofridos).

A formação comandada por Francisco Neto está entre as cinco seleções que ainda não perderam na competição e é uma das seis com saldo positivo de golos. Além de Portugal, a Campeã da Europa Holanda e as seleções de Austrália, Suécia e Coreia do Sul ainda não conheceram o sabor da derrota.

As restantes formações com saldo positivo de golos são Holanda, Austrália, Noruega, Suécia e Coreia do Sul.

Recorde-se que a Equipa das Quinas encontra-se na 38.ª posição do Ranking mundial FIFA, muito atrás das seleções que participam na Algarve Cup 2018. A Austrália, que Portugal anulou na ronda anterior (0-0), ocupa o quarto lugar, enquanto a Noruega, adversária desta segunda-feira, é 14.ª. A China, que a armada lusa venceu por 2-1, está no 16.º posto.

Histórico desfavorável frente a norueguesas

A Seleção Nacional encontrou a congénere da Noruega em seis ocasiões, tendo perdido todos os jogos disputados. O último desaire aconteceu a 8 de março de 2017, na Algarve Cup, com a equipa lusa a perder por 2-0.

Em maio e em junho de 2014, na caminhada de qualificação para o Campeonato do Mundo Canadá 2015, Portugal perdeu pela mesma margem nos dois encontros: 2-0.

A Noruega, recorde-se, venceu quatro edições da Algarve CUP e está 24 lugares acima de Portugal no Ranking FIFA. Confira a lista de vencedoras no Media Guide do torneio.

In www.fpf.pt

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe um comentário