Selecção perde quatro lugares e termina 2017 na 38.ª posição da FIFA

A equipa caiu agora quatro lugares, muito devido à campanha que está a realizar no apuramento para o Mundial2019.

A selecção portuguesa de futebol feminino caiu quatro lugares e vai terminar o ano de 2017 no 38.º posto do ranking da FIFA, que foi esta sexta-feira revelado pelo organismo no seu site oficial.

Com a participação inédita na fase final do Europeu, em que ficou pela fase de grupos com apenas uma vitória, sobre a Escócia, por 2-1, Portugal subiu à 34.º posição, igualando a melhor de sempre, no ranking de Setembro, mas caiu agora quatro lugares, muito devido à campanha que está a realizar no apuramento para o Mundial2019.

Em três jogos, no Grupo 6, a selecção nacional foi derrotada pela Bélgica (1-0) e Itália (1-0) e goleou a Moldávia (8-0). O topo do ranking continua inalterado, com os Estados Unidos a manterem-se no primeiro posto, seguido da Alemanha, segundo posicionada, e Inglaterra, terceiro. Destaque ainda para a Argentina, que deu um salto de 83 lugares e passou a ocupar a 36.ª posição, duas à frente de Portugal.

In www.publico.pt

AnaSilva

Adepta do desporto em geral, mas apaixonada pela modalidade REI (Futebol). Passei a fazer parte deste projecto Portal Futebol Feminino em Portugal com a intenção de poder ajudar na divulgação e promoção do Futebol Feminino.

One Reply to “Selecção perde quatro lugares e termina 2017 na 38.ª posição da FIFA”

  1. Seja porque não se consulta as ‘fontes’ (FIFA), ou porque consultada esta, se fica por uma análise do gráfico anual, e não por uma análise mais fina, às listagens/actualizações trimestrais, ou ainda porque se vai ‘beber ao website’ da FPF, pouco recomendável em muitos aspectos, já que é frequente a desinformação (1), ‘a verdade a que temos direito’ ou ainda uma ligeireza no tratamento ou apresentação de dados (2), o que é facto é que esta notícia do jornal Público, que pretende ser informativa acaba por veicular um erro grosseiro, desinformando:

    Como se pode ler na notícia acima: “….Portugal subiu à 34.º posição, igualando a melhor de sempre, no ranking de Setembro…”

    Mas a realidade é outra, consultando os dados da FIFA relativos ao ‘ranking’, nas listagens/actualizações trimestrais por esta divulgadas:
    16JUL2003 = 33º
    29AGO2003 = 33º
    24OUT2003 = 32º (o melhor de sempre)
    15DEZ2003 = 34º

    (1) FPF – 28DEZ2017 – ‘O ANO EM REVISTA – SETEMBRO’ – “Em primeiro lugar, registo para a maior subida de sempre da Seleção Nacional feminina no ranking FIFA, ascendendo ao 34.º lugar.”
    (1) FPF – 01SET2017 – ‘MAIOR SUBIDA DE SEMPRE NO RANKING FIFA’ – “Seleção feminina subiu quatro posições e está no 34.ª lugar”

    A realidade:
    Uma subida de 4 lugares da Selecção Feminina, no ranking FIFA, já acontecera anteriormente por 3 vezes, vidé actualizações/listagens da FIFA:
    25MAR2015 = 38º (subindo do 42º)
    22MAR2013 = 42º (subindo do 46º)
    27MAR2009 = 41º (subindo do 45º)

    (2) FPF – 13JUL2017 – ‘MEDIA GUIDE DO EUROPEU FEMININO’ – Consultado, verifica-se (ainda hoje!!!) que está atribuído, no menu interactivo, o nº 5 a duas atletas – Matilde Fidalgo e Raquel Infante e o nº 14 a outras duas – Dolores Silva e Fátima Pinto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *