Sporting conquista Supertaça Allianz

 

O Sporting conquistou este domingo a Supertaça Allianz de futebol feminino, ao vencer na final o Sporting de Braga por 3-1, após prolongamento, com um hat-trick de Ana Capeta, em jogo disputado no Estádio Cidade de Coimbra.

A equipa ‘leonina’ esteve a perder até quase ao final do encontro, depois de Pauleta ter inaugurado o marcador aos 12 minutos, mas os golos de Ana Capeta aos 90+2, 101 e 118 minutos operaram a reviravolta no marcador.

Depois de ter vencido o campeonato e a Taça de Portugal, em luta com o mesmo adversário de hoje, o Sporting consegue juntar a Supertaça ao palmarés.

A formação bracarense marcou cedo e na segunda parte tentou gerir a vantagem, perante a pressão do Sporting, que conseguiu o empate no segundo dos cinco minutos de descontos concedidos por Catarina Campos.

Ana Capeta, que entrou aos 82 minutos, acabou por ser a figura do encontro, ao levar o jogo para prolongamento e depois a apontar os golos da vitória.

O Sporting de Braga entrou melhor na partida e, aos 10 minutos, Andreia Norton, com um forte remate de fora de área, obrigou a guarda-redes ‘leonina’ a uma excelente defesa a desviar a bola pela linha final.

Dois minutos depois, aos 12, numa excelente rotação de cabeça, Pauleta abriu o ativo, na sequência de um livre na esquerda batido por Dolores Silva.

Sporting foi a equipa mais dominadora na segunda parte

O Sporting esteve perto de empatar aos 21 minutos, mas o remate rasteiro de Ana Borges saiu a rasar o poste da baliza ‘arsenalista’.

Aos 23 minutos, Ana Borges, numa jogada individual, cruzou para a área, mas Diana Gomes acertou com a canela na bola e o remate saiu fraco para a defesa de Rute Costa.

Na segunda parte, o Sporting foi a equipa mais dominadora e dispôs de várias oportunidades, a mais flagrante aos 63 minutos, numa jogada individual de Diana Silva, que lateralizou para Ana Borges, que cruzou para a mesma jogadora, sozinha dentro de área, atirar por cima.

Golo da igualdade só foi apontado nos descontos

Um minuto depois, Ana Leite, isolada, permitiu que a guarda-redes ‘arsenalista’ ficasse com a bola.

Apesar do domínio, perante uma equipa bracarense que mostrou menos frescura física, o golo da igualdade só foi apontado nos descontos, por Ana Capeta.

A jogadora sportinguista aproveitou um mau alívio na área do Braga para ficar com a bola e rematar para golo, com o esférico ainda a tocar em Sílvia Rebelo, que tentou evitar a igualdade.

Terceiro golo de Ana Capeta resultou de um desvio na área

No prolongamento, o Sporting de Braga esteve perto de se voltar a adiantar, aos 99 minutos, mas o remate em rotação de Laura Luís esbarrou na trave de Patrícia Morais, que ficou ‘pregada’ ao relvado.

Pouco depois, aos 101 minutos, o Sporting passou para a frente do marcador, com Ana Capeta a desferir um remate rasteiro dentro de área, depois de uma jogada de Ana Borges no lado contrário, em que a bola foi muito mal aliviada pela defesa.

terceiro golo de Ana Capeta, já com o jogo a terminar, resultou de um desvio na área, em resposta um cruzamento da direita, uma vez mais de Ana Borges.

LUSA
In http://www.delas.pt/

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe um comentário

%d bloggers like this: