Sporting CP: “Houve querer, faltou sorte”

Sporting CP perdeu, pela primeira vez, um troféu em competições nacionais. A lotaria dos penáltis declarou Sp. Braga como novo detentor da Supertaça Feminina Allianz 2018

Ganhou tudo a nível nacional até hoje, até ao dia que o azar venceu. O Sporting CP empatou 1-1 na fase regular do jogo, mas acabou por sair derrotado nos penáltis por 5-4 frente à equipa rival (com quem nunca tinha perdido em finais), no Estádio Municipal do Fontelo, em Viseu.

Na primeira parte, o pontapé de saída coube às bracarenses, que entraram melhor na partida e, nos primeiros minutos, dominaram o jogo, com a defesa leonina a demonstrar bons argumentos – como aliás, em toda a partida. Ao minuto quatro, as leoas deram o primeiro sinal de que o golo estaria a chegar: numa excelente progressão pela direita, Ana Borges cruzou para a área, mas a guarda-redes Rute Costa interceptou a bola antes de Diana Silva fuzilar a baliza. A partir daqui e pelos dois minutos seguintes, o Sporting CP foi subindo as linhas e fez o primeiro tento do jogo de penalti. A capitã Ana Borges sofreu uma falta clara dentro da área e Tatiana Pinto marcou o castigo máximo de forma irrepreensível fazendo o 1-0 a favor do Clube verde e branco.

Depois do golo

O Sporting CP abrandou o ritmo na frente. Apesar de uma boa combinação entre Joana Marchão e Fátima Pinto que deu um livre marcado por Tatiana Pinto, a equipa leonina não conseguiu chegar com qualidade às redes do Sp. Braga. Com uma pausa para hidratação, as comandadas de Nuno Cristóvão mostravam-se com uma defesa forte mas com falta de gás na frente. Foi preciso esperar pelo minuto 37 até ver de facto um novo ataque de perigo do Sporting CP. Joana Marchão combinou com Fátima Pinto que cruza para o peito de Nevena. A defesa recebe bem mas remate desequilibrada por cima da baliza.

A fechar a primeira parte o Sp. Braga tem uma boa oportunidade para empatar a partida, mas o cabeceamento de Vanessa vai por cima das redes defendidas por Patrícia Morais. 1-0 era o resultado ao intervalo.

No segundo tempo

Arranca o Sporting CP com os pés na bola e com o jogo mais assumido. A cinco minutos do início da partida, Ana Borges, mais uma vez, viu Carlyn na área e faz um cruzamento milimétrico para a companheira de equipa que chuta para defesa muito apertada de Rute Costa. As leoas entraram agressivas, com boa circulação de bola a meio-campo, mas com dificuldades em chegar à frente, tal como aconteceu em (quase) toda a primeira metade. Ao minuto 66, a capitã Ana Borges, uma das melhores em campo, e Diana Silva protagonizaram uma jogada que merecia outro desfecho: pela direita, a avançado insistiu na recuperação do esférico e fez um cruzamento perfeito para Diana Silva cabecear… para fora.

Quase a fechar a partida, a sete minutos dos 90, o Sp. Braga empata. Após um lançamento longo de linha lateral, Francisca cabeceou certeiro para o fundo das redes sportinguistas. Estabelecida a igualdade, que podia ter sido alterada quando Fontemanha escorregou à entrada da área do Sporting CP e deixou isolada uma jogadora bracarense.

No prolongamento, e com a saída da defesa Marchão para a entrada da avançado Capeta, a equipa feminina da Listada tentou chegar à baliza adversária mas sem sucesso… Os penaltis iam mesmo acontecer.

Perante os castigos máximos, o Sporting CP foi o primeiro a rematar. Tatiana Pinto chutou sem hipótese. O Sp. Braga marcou logo de seguida e Carlyn falhou na sua oportunidade. A partir daí, as leoas apontaram todos os penaltis de forma exacta, mas as bracarenses também o fizeram. 5-4 nos penaltis ditaram que o Sp, Braga é o novo detentor da Supertaça Feminina Allianz 2018.

Após esta derrota a abrir o espectro de provas nacionais, o pensamento das leoas é só o de entrar a vencer já no próximo domingo, na primeira jornada do Campeonato Nacional, frente ao Ovarense.

In www.sporting.pt/

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe um comentário