Sub-19: Portugal mais forte

Foto: FPF

A Equipa das Quinas venceu a Bélgica, por 3-2, em Santarém, numa importante partida de preparação para a Ronda de Elite.

A Seleção Nacional feminina sub-19 venceu, esta terça-feira, por 3-2, no primeiro de dois encontros da semana diante da sua congénere da Bélgica.

A Equipa das Quinas jogou no Campo Chã das Padeiras, em Santarém, mais uma importante partida de preparação tendo em vista a participação na Ronda de Elite que será disputada entre os dias 2 e 8 de abril, em Aveiro e Coimbra. Portugal irá tentar o acesso à fase final do Campeonato da Europa Suíça 2018 diante da Sérvia, da Dinamarca e do País Gales, sabendo que apenas o primeiro classificado marcará presença na competição.

José Paisana em discurso direto
“Foi um jogo, como esperávamos, com um padrão de dificuldade diferenciado daqueles que temos vindo a disputar. A Bélgica é uma formação forte, que foi sorteada no pote dois para a Ronda de Elite e que tem um percurso sustentado com jogadoras de qualidade. Tivemos pela frente uma equipa muitíssimo bem organizada taticamente e ágil, com jogadoras evoluídas do ponto de vista técnico e tático. Sabíamos das dificuldades que iríamos encontrar, face ao padrão de jogo que identificámos no adversário, mas soubemos dar resposta aos problemas, não nos desviando do plano de jogo que tínhamos preparado, apesar da contrariedade inicial. Entrámos praticamente a perder. Um deslize nosso permitiu o golo da Bélgica logo aos 10 segundos de jogo, mas conseguimos reagir, voltando ao plano que tínhamos delineado e fazer aquilo que é o nosso jogo. A nossa reação foi muito boa e permitiu-nos dar a volta ao marcador.

Houve momentos de jogo menos conseguidos, nomeadamente no que diz respeito à consistência que queremos. Tivemos pouco tempo juntos para preparar este jogo, mas mesmo assim conseguimos contrariar as adversidades.

Foi um resultado positivo, diante de uma grande equipa e isso permite-nos ter confiança no futuro. Queremos chegar à Ronda de Elite mais fortes e este jogo e este triunfo contribuem para esse objetivo. Tratou-se de uma vitória importante no crescimento da equipa.

Claro que há aspetos a melhorar, como a organização defensiva que deve ser mais consistente e queremos ter um meio campo e um ataque mais pressionante. Vai ser esse o nosso foco na próxima semana, em que voltamos a estar juntos. Tentaremos corrigir esses aspetos. No entanto, temos que destacar também os aspetos positivos e nesse sentido é natural que estejamos satisfeitos.

Agora é tempo de recuperar e analisar o que podemos melhorar para quinta-feira, que nos mais um jogo difícil, diante de uma equipa que perdeu e quer mostrar o seu valor.

Nós queremos continuar na senda das vitórias. Esta é a sétima vitória da época, em nove jogos internacionais e esse registo dá-nos confiança.”
Reencontro agendado para quinta-feira
A Equipa das Quinas voltará a defrontar a Bélgica na próxima quinta-feira, pelas 11h00, no Estádio Municipal de Almeirim.

Ficha de Jogo (em atualização)
Jogo de preparação
Campo Chã das Padeiras

Árbitro: Tatiana Martins.
Árbitros assistentes: Dalila Isabel e Ana Leonor Paiva.
Quarto árbitro: Ana Aguiar.

Portugal 3-2 Bélgica (3-2, ao intervalo)
Portugal: Carolina Vilão, Inês Queiroga, Paula Ferreira, Cláudia Machado (Bruna Costa, 72’), Diva Meira (Catarina Pereira, 72’), Inês Maia (Océane Brandão, 89’), Joana Martins, Andreia Faria (Nicole Nunes, 72’), Vânia Duarte (Beatriz Conduto, 46’), Catarina Amado – Cap. (Juliana Domingues, 86’) e Neuza Besugo (Daniela Ferreira, 46’).
Suplentes não utilizadas: Bárbara Marques e Andreia Freitas.
Treinador: José Paisana.
Golos: Joana Martins (7’ gp e 20’) e Catarina Amado (31’).
Disciplina: -.

Bélgica: Lisa Lichtfus, Tiffanie Vanderdonckt, Raquel Viaene (Gwyneth Vanaenrode, 46’), Shari Van Belle – Cap., Samantha Harzé (Ella Vierendeels, 46’), Amber Tysiak, Marie Minnaert, Lore Asselberghs, Yenthe Kerckhofs (Hanne Merkelbach, 64’), Mariam Abdulai Toloba (Alessia Confalonieri, 64’) e Gwen Duijsters (Tine Blomme, 82’).
Suplentes não utilizadas: Lowiese Seynhaeve, Chrystal Lermusiaux,  Marie Van Caesbroeck e Zoé Van Eynde.
Treinador: Xavier Donnay.
Golos: Marie Minnaert (1’) e Gwen Duijsters (31’).
Disciplina: -.

 

In FPF

Joana Lima

Desde 2011 comecei a assistir a alguns jogos na TV. Depois da final da Champions, apaixonei-me por este desporto. Não escrevo com o Novo Acordo Ortográfico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *