Sub-17: Tarde Infeliz

sub-17(uniaofazaforça)As Sub-17 lusas perderam, por 6-1, com a anfitriã da fase final do Campeonato da Europa, a Inglaterra. Carolina Ferreira apontou o único golo português.

Portugal despediu-se, esta segunda-feira, do Campeonato da Europa Sub-17 feminino, ao perder com a seleção de Inglaterra por 6-1, no terceiro jogo do Grupo A. As inglesas, com duas vitórias e seis pontos, apuraram-se para as meias-finais, tal como a Itália, que perdeu por 1-0 com a Áustria, mas já tinha acumulado seis pontos. No Grupo B, seguem em frente as seleções de Espanha e Alemanha.

O triunfo por 6-1 premeia a audácia das britânicas e penaliza os erros defensivos da Equipa das Quinas, que entrou demasiado nervosa na partida, porventura a acusar o ambiente favorável às cores de Inglaterra. É que nas bancadas do Estádio Burton Albion FC, o palco que acolheu o jogo, estiveram 1931 crianças a gritar pela equipa adversária, do início ao fim.

A Inglaterra entrou melhor que a equipa comandada por Susana Cova, por isso apontou três golos na primeira parte: Mollie Rouse, aos 10′, Evie Clarke, aos 33′, e Atlanta Primus, aos 35′. A formação lusa tentou esboçar uma tímida reacção após o terceiro tento das inglesas, mas só conseguiu enganar a guarda-redes Kirstie Levell em cima do intervalo, num disparo de 25 metros de Carolina Ferreira, que foi uma das surpresas de Susana Cova no onze titular.

No segundo tempo, o conjunto português mostrou-se mais aguerrido e rápido sobre a bola, mas a expulsão da guarda-redes Catarina Barradas deitou tudo a perder, pois permitiu que a Inglaterra voltasse a controlar as operações em superioridade numérica. Catarina Barradas derrubou Chloe Kelly em zona proibida e viu um vermelho direto. A avançada inglesa corria para o ‘bis’, pois tinha finalizado três minutos antes.

Foi a defesa Hassal que transformou com êxito a grande penalidade a favor de Inglaterra e Ana Oliveira, chamada à baliza portuguesa, nada pôde fazer para impedir o golo. A anfitriã da prova ampliou ainda mais a vantagem aos 65′, numa jogada de Lucy Porter.

Apesar do resultado que fecha esta primeira participação lusa na final de uma prova europeia feminina de Sub-17, para a história fica a caminhada de uma Seleção Nacional que nos primeiros meses de existência alcançou a ribalta e conseguiu afirmar-se entre as melhores oito formações europeias.

Eis os dados do encontro:

Árbitra: Ana Minic (Sérvia)

Árbitras auxiliares: Susanne Küng (Suíça) e Ekaterina Marinova (Bulgária).

4ª árbitra: Irina Turovskaya (Bulgária)

PORTUGAL: Catarina Barradas, Susana Silva, Diana Gomes, Inês Silva, Sara Monteiro, Mariana Fong, Nadine Cordeiro (Ana Oliveira, 56′), Carolina Ferreira (Margarida Sousa, 46′), Leandra Pereira, Rita Cheganças (Josephine, 76′), Francisca Cardoso.

Suplentes não utilizadas: Sofia Silva, Margarida Machado, Cláudia Tecedeiro, Bárbara Azevedo.

Treinadora: Susana Cova.

Golos: Carolina Ferreira (40’+1′)

Disciplina: Cartão vermelho a Catarina Barradas (55′).

INGLATERRA: Kriestie Levell, Alice Hassall (LLoyd, 67′), Leah Williamson, Gabrielle George, Jemma Purfield (Williams, 67′), Keira Walsh (Wilkinson, 53′), Mollie Rouse, Lucy Porter, Evie Clarke, Chloe Kelly, Atlanta Primus.

Suplentes não utilizadas: Sian Rogers, Philippa Cowley, Brogan McHugh.

Treinadora: Lois Fidler.

Golos: Rouse (10′); Clarke (33′); Primus (35′); Kelly (47′); Hassall de g.p. (57′); Porter (65′).

Disciplina: Nada a assinalar.

In fpf.pt

AS

Desde sempre que jogo Futebol, mas nunca fui federada. O Portal Futebol Feminino em Portugal entrou na minha vida após uma pesquisa que estava fazer sobre o Futebol Feminino, e então cá estou a colaborar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *