Torneio das Quatro Nações: Portugal empata com a Finlândia

A Equipa das Quinas empatou a zero diante da formação nórdica na terceira e última ronda do Torneio das Quatro Nações, na China.

A Seleção Nacional A feminina empatou, esta segunda-feira, diante da Finlândia (0-0) na terceira e última jornada do Torneio das Quatro Nações, que se disputou na China.

Apesar de ser a equipa pior posicionada no ranking FIFA nesta competição, a Equipa das Quinas não perdeu qualquer dos jogos e sofreu apenas um golo nas três partidas que disputou.

Portugal somou cinco pontos na competição, garantindo, no mínimo, a segunda posição no Torneio das Quatro Nações.

Recorda-se que a formação comandada por Francisco Neto empatou com a China (0-0), na quinta-feira, e venceu na Tailândia (4-1), no sábado.

“Merecíamos ter vencido”
No final da partida, Francisco Neto destacou que Portugal foi melhorando ao longo do jogo e que merecia mais que o empate diante da forte formação nórdica

“Apesar de o jogo de hoje ter sido diante de uma Finlândia que está acima de nós no ranking FIFA, pensamos que o empate não foi um resultado justo. É verdade que não entrámos bem no jogo e sentimos algumas dificuldades nos primeiros 20 minutos. A Finlândia criou-nos alguns problemas, pois não conseguimos fechar os espaços que tínhamos determinado, mas a partir dos 20 minutos, com algumas correções que conseguimos fazer, a nossa equipa foi melhorando e até ao final fomos sempre nós que dominámos e criámos as melhores oportunidades para marcar. Apesar de alguma fadiga, depois de três jogos em seis dias, as nossas jogadoras estiveram sempre muito organizadas. Fomos fazendo alterações de jogo para jogo e isso permitiu-nos apresentar um bom nível num jogo muito exigente do ponto de vista físico, pois é nesse aspeto que a Finlândia assenta o seu jogo. Sem dúvida nenhuma que, por aquilo que produzimos, pela entrega e organização das nossas jogadoras, merecíamos ter vencido o jogo.”

O Selecionador Nacional de futebol feminino considera que a prestação portuguesa na competição muito positiva diante de adversários muito fortes.

“O saldo da nossa participação nesta competição é muito positivo. Tratou-se de um torneio muito competitivo e com uma densidade competitiva também muito elevada – com três jogos em seis dias. Portugal foi crescendo de jogo para jogo e conseguiu disputar todos os jogos, tal como era o nosso compromisso e objetivo desde o início. Todos os nossos adversários estavam acima de nós no ranking FIFA, mas essa realidade não se viu dentro de campo. Provou-se que Portugal esteve ao nível das seleções que defrontou e em muitos momentos dos jogos acima da qualidade dos nossos adversários. Foram cumpridos todos os objetivos que estavam determinados coletivamente. Temos pena de não ter conseguido vencer, essencialmente, este último jogo, porque o empate com a China e a vitória com a Tailândia foram, na minha opinião, resultados justos. Hoje merecíamos ter vencido. Estou muito satisfeito com a produção das jogadoras num ambiente de grande adversidade – uma diferença horária muito grande. As jogadoras tiveram capacidade de se ajustar e adaptar, podendo assim disputar estes jogos com os olhos nos olhos nas equipas que estão acima de nós no ranking.”

Ficha de Jogo (em atualização)
3.ª Jornada do Torneio das Quatro Nações
Complexo Desportivo Chongqing Yongchuan, Chongqing Yongchuan (China)

Equipa de arbitragemChina
Árbitro: Mi Siyu
Árbitros assistentes: 
Cui Yongmei e Wang Dexin
Quarto árbitro: Chang Xinxin

FINLÂNDIA 0-0 PORTUGAL (0-0, ao intervalo)

Finlândia: Paula Myllioja, Elina Myllymaki, Ria Oling, Emma Koivisto, Juliette Kemppi (Julia Tunturi, 77’), Nora Heroum (Iina Salmi, 77’), Anna Westerlund (Olga Ahtinen, 62’), Sanni Franssi (Saara Lappalainen, 88’), Linda Sallstrom – Cap., Evelina Summanen (Katarina Naumanen, 62’) e Tiia Peltonen.
Suplentes não utilizadas: Minna Meriluoto, Anna Tamminen, Tuija Hyrynen, Anna Auvinen, Jenny Danielsson, Linda Nyman e Kaisa Collin.
Treinadora: Anna Signeul.
Golos: -.
Disciplina: cartão amarelo para Tiia Peltonen (19’) e Evelina Summanen (35’).
Portugal: Patrícia Morais, Carole Costa, Mónica Mendes, Sílvia Rebelo, Cláudia Lima (Fátima Pinto, 81’), Dolores Silva – Cap., Andreia Norton (Tatiana Pinto, 67’), Vanessa Marques, Ana Borges, Carolina Mendes (Ana Leite, 81’) e Jéssica Silva.
Suplentes não utilizadas: Inês Pereira, Rute Costa, Diana Gomes, Matilde Fidalgo, Laura Luís, Diana Silva, Sara Monteiro e Francisca Cardoso.
Treinador: Francisco Neto.
Golos: -.
Disciplina: cartão amarelo para Vanessa Marques (72’).

In www.fpf.pt

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe um comentário