“Agradeço toda a confiança depositada em mim e na equipa técnica que me acompanha”, Roger Pinheiro – Varzim SC

Carlos Roger Pinheiro irá liderar na época 2020/2021 a recém criada equipa do Varzim SC e partilhou com o Portal Futebol Feminino em Portugal a sua visão para este novo desafio:

“O Varzim S.C. tem uma visão muito concreta e bem definida no projeto do futebol feminino
nos quadros do clube.
Começa por terem desde o primeiro momento criado um projeto estruturante, assente numa
gestão desportiva profissional, com objetivos bem delineados, que passam por alicerçar a
construção de uma equipa sénior que carregue os valores Varzinistas e que a breve prazo
consiga estar na elite do Futebol feminino Nacional.
No seguimento, há o interesse, afincado, de iniciar passo a passo os escalões de formação, que
vise formar atletas, aproveitando todo o potencial da região das meninas mais novas e a
paixão Varzinista a elas ligada.


Coube-me a honra de liderar tecnicamente este projeto, o qual agradeço toda a confiança
depositada em mim e na equipa técnica que me acompanha, equipa essa que conta com
técnicos que aliam a experiência, caso do treinador de Gr José Barroso que anteriormente
esteve ligado, na minha opinião, à maior escola de Gr de Portugal, no S.C. Braga, o André Serra
que me acompanha como treinador adjunto, com muito conhecimento do treino e também
fruto da experiência enquanto jogador, ajudará naturalmente as atletas a evoluírem nas suas
skills. Por último, a energia do Tomás, um académico na área da preparação física, o qual
prevejo um enorme futuro, fruto da sua dedicação e vontade constante em adquirir
conhecimento.


Enquanto equipa técnica, abraçamos o compromisso garantindo que trabalharemos de forma
a procurar a excelência, querendo desde já ficar ligados a uma página de história no futebol
feminino neste enorme Clube.
Conseguimos contruir um plantel muito equilibrado, com qualidade, atletas com “ganas” de
vencer, que nos dão garantias nos desígnios de lutar pela vitória em todos os jogos.
Quanto à competição, este novo quadro competitivo com a criação da terceira divisão, irá
naturalmente fazer com que a segunda divisão, na qual estamos inseridos, vá ser muitíssimo
competitiva, e naturalmente para a evolução das atletas é o que se pretende.
Para além disso, com a criação da nova divisão haverá, de certa forma, um ajuste em termos
competitivos no decorrer das próximas épocas, diminuindo o fosso anterior das equipas que
competiam pela subida à liga BPI.”

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *