Ademar Colaço e um Amora de trabalho e motivação

 

 

O Amora FC, renasceu para o futebol feminino, na época 2017/2018, com um projeto ambicioso que tem dado grandes frutos. Atualmente, encontram-se a preparar a estreia na Liga BPI, depois de uma época em pleno.

O Portal esteve à conversa com o Mister Ademar Colaço. 

Portal do Futebol Feminino- Como está a ser preparada a época do Amora FC?

Ademar Colaço- A época começou a ser preparada com as devidas precauções, e depois com a saída das normas da Direção Geral de Saúde (DGS) começámos a treinar normalmente e a preparar a equipa para o modelo de jogo que pretendemos, pois vieram algumas atletas novas e estamos a trabalhar bem para conseguirmos atingir os objetivos pretendidos.

PFF- Quais os objetivos e motivações do clube e das suas atletas? 

AC- Os objetivos passam por conseguir a manutenção e a consequente passagem à fase final, deixar uma boa imagem e uma marca positiva do Amora na Liga BPI. As atletas estão motivadas e focadas nesse mesmo objetivo.

PFF- Quais estão a ser as maiores dificuldades?

AC-  As maiores dificuldades são a adaptação a esta nova realidade, começarmos a treinar com as devidas precauções, o uso de máscaras em treinos por parte de todos os envolvidos (exceção das atletas), o termos começado a treinar sem saber o início e se realmente iríamos ter oportunidade de treinar com normalidade. Essas foram as maiores dificuldades. 

PFF- O que pensa sobre o novo formato da Liga BPI?

AC- Penso que é um formato que traz mais competitividade, pessoalmente preferia um formato diferente mas sou a favor deste alargamento e sinto que foi benéfico e que traz jogos mais competitivos. Basta olhar para a série sul e ver a qualidade dos planteis e perceber que praticamente todas podem passar, e isso é positivo para o crescimento e competitividade do campeonato. 

 

PFF- Que dificuldades espera encontrar nesta competição?

AC- Esperamos encontrar imensas dificuldades tendo em conta que todos os planteis são bem orientados e com imensa qualidade. Conhecemos bem a maioria das atletas que os compõem, e sabemos das dificuldades que nos vão criar, mas estamos preparados e o Amora irá dar uma resposta muito positiva na Liga BPI.

PFF- O calendário já saiu e a competição está prestes a começar. Como estão os níveis de ansiedade e entusiasmo para a época e para o primeiro jogo? E logo contra o Sporting. É um arranque em grande? 

AC- Os níveis de ansiedade estão controlados. Há alguma expectativa, é verdade, mas o grupo está focado em trabalhar e preparar-se da melhor forma para a primeira jornada logo com um adversário complicado e candidato ao título. Acaba por ser um arranque em grande, mas uma coisa posso garantir, o Amora irá entrar em todos os jogos para discutir o jogo com qualquer adversário, e iremos procurar sempre manter a nossa identidade em todos os jogos e estaremos preparados para todos os desafios. 

PFF-  Até onde poderá chegar este Amora?

AC- Acreditamos que podemos chegar à fase final, este plantel foi feito a pensar nisso e com esse objetivo, e sentimos que é bem possível conseguir.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *