Algarve Cup apresentado

18ª edição do Algarve Cup – Mundialito de Futebol Feminino foi apresentada esta quarta-feira, pelas 15h30, no Estádio Algarve, contando com a participação do Director da Federação Portuguesa de Futebol, Sérgio Luz, do Presidente da Assembleia Geral da Associação de Futebol do Algarve, Reinaldo Teixeira, da Sub Directora-Geral  da Agência Portuguesa do Ambiente, Luísa Pinheiro, e do Director do Torneio, Sebastião Lobo.

“Conseguir o melhor resultado possível”
O Director da Federação Portuguesa de Futebol, Sérgio Luz lembrou que “a nossa Selecção entrará em estágio amanhã e treinará em Lisboa, antes da partida para o Algarve, onde vai tentar fazer o melhor possível na competição. A nossa Selecção é constituída por um conjunto de jovens atletas já com alguma experiência e que têm demonstrado ao longo destes últimos anos que o Futebol Feminino tem grande capacidade”, apesar no número relativamente reduzido de atletas.

O nosso objectivo é participar numa competição “com as melhores selecções do Mundo e Portugal também quer associar-se a esta prova e vai estar aqui a tentar o melhor possível e o melhor será poder subir no ranking FIFA. Estamos em 39º, num universo de 126 países, pelo que queremos conquistar o nosso espaço e, passo a passo, com muita vontade avançar.”

Um dos objectivos é conseguir a melhor qualificação de sempre. “Queremos vencer o nosso grupo [C] e jogar pela melhor qualificação de sempre no jogo de atrbuição de 7º e 8º lugar. Se vencermos, conseguiremos ultrapassar os registos de 2004 e 2009 em que Portugal foi 8o classificado, perdendo apenas nos derradeiro encontro”, lembrou.

Sérgio Luz fez um apelo ao apoio da Comunicação Social na promoção do Torneio e do Futebol Feminino, recordando que “as mulheres desempenham um papel importante no Futebol, recordando a última participação da Selecção de Futsal Feminina, que após cinco anos de inactividade, participou no Mundialito realizado em Espanha e perdeu apenas diante da melhor selecção do Mundo, o Brasil e eliminou mesmo a formação espanhola.”

A finalizar, o dirigente referiu acreditar que a próxima edição possa “ter ainda mais força do que esta seguramente terá.”

“Calor humano para tornar a festa mais bonita”
O Presidente da Assembleia Geral da Associação de Futebol do Algarve, Reinaldo Teixeira, realçou “a certeza que, quer os homens, quer as senhoras, irão marcar presença nos estádios e envolver-se em torno deste evento, dando o seu calor humano, pois assim a festa é mais bonita. Estamos a fazer um esforço de sensibilização junto de várias instituições nesse sentido. Queremos divulgar o máximo possível esta competição. Queremos, nesta região que sabe receber, acolher as selecções de doze países da melhor maneira possível e dar a conhecer a principal região de turismo do País. Queremos atrair mais gente aos estádios do que no ano passado”, sintetizou.

Menos Resíduos no Algarve Cup
A Sub Directora-Geral  da Agência Portuguesa do Ambiente, Luísa Pinheiro, abordou as várias acções que vão ser desenvolvidas pelo APA, nomeadamente com o simulador “Simula Menos Resíduos” e as acções de comunicação nos estádios onde vão decorrer os jogos do Algarve Cup, na vertente das soluções sustentáveis praticadas pelos participantes nos eventos na redução de resíduos. Clique aqui para saber mais.

Importância das várias parcerias
O Director do Torneio, Sebastião Lobo, explicou um pouco do que foram os 17 anos de Algarve Cup e quais as acções previstas para a edição de 2011, abordando vários aspectos organizativos e as parcerias estabelecidas com patrocinadores e a Associação Portuguesa do Ambiente, assim como os vários parceiros da Família do Futebol, da Região de Turismo do Algarve, das Autaquias e das várias Embaixadas.

24 jogos em 9 estádios
São nove os estádios que vão acolher os 24 jogos do Algarve Cup. Os munícipios de Lagos, Lagoa, Albufeira, Loulé, Faro, Olhão e Vila Real de Santónio acolhem o torneio.

Clique aqui para consultar o Dossier de Imprensa.

Calendário revelado
O “pontapé de saída” do Algarve Cup está agendado para as 15h00 de dia 2 de Fevereiro. à mesma hora jogam Japão-Estados Unidos (Vila Real de Santo António), Suécia-Islândia (Loulé), China-Dinamarca (Ferreiras) e Roménia-Chile (Lagos). Portugal joga, pelas 18h00, em Vila Real de Santo António, diante do País de Gales.

Clique aqui para consultar o programa de jogos completo.

12 Selecções em três grupos
Com a participação de 12 selecções, o Algarve Cup estará dividido em três grupos. Do Grupo A fazem parte as formações dos Estados Unidos (1ª classificada do Ranking Feminino da FIFA), da Finlândia (16ª), do Japão (5ª) e da Noruega (7ª). No Grupo B estarão a China (13ª), a Dinamarca (14ª), a Islândia (17ª) e a Suécia (4ª). A nossa Selecção (39ª) estará incluída no Grupo C, onde competirá com o Chile (46ª), o País de Gales (47ª) e a Roménia (37ª).

Conheça aqui as selecções participantes na edição de 2011 do Algarve Cup.

Clique aqui para conferir todas as estatísticas do Algarve Cup, bem como o histórico da competição.

Ambiente em destaque
À imagem de anteriores edições, este ano o Algarve Cup vai promover uma temática relacionada com a responsabilidade social. Desta forma, o Torneio vai associar-se à iniciativa das Nações Unidas, que proclamou 2011 como “Ano Internacional das Florestas”, com o objectivo de sensibilizar para a gestão sustentável, conservação e desenvolvimento sustentável de todos os tipos de florestas.

As melhores árbitras do Mundo em Portugal
Pelo sétimo ano consecutivo, a FIFA vai promover, no decorrer do Algarve Cup, um Workshop para árbitras de todo o Mundo. Este ano, serão 62 as juízas que marcarão presença na acção de formação do organismo máximo do futebol mundial, num estágio que a FIFA considera como muito importante para a preparação do próximo Campeonato do Mundo.

O workshop decorrerá em Olhão, entre os dias 24 de Fevereiro e 1 de Março, envolvendo perto de uma centena de pessoas, entre árbitras, monitoras e responsáveis da FIFA e da Federação Portuguesa de Futebol.

In www.fpf.pt

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *