Argentina avança com liga profissional

Este sábado foi um dia histórico para o futebol argentino. Em evento realizado em sua sede em Ezeiza, na região metropolitana de Buenos Aires, a AFA (Federação Argentina de Futebol) anunciou oficialmente, por meio do presidente Claudio Tapia, a profissionalização do futebol feminino no país.

“Quando assumimos, dissemos que iríamos fazer uma gestão inclusiva no futebol, de igualdade de géneros. Estamos desenvolvendo isso e vamos seguir trabalhando para desenvolver o futebol feminino em todas as cidades”, falou Tapia. “Sinto uma alegria enorme. Seremos uma das primeiras federações com jogadoras profissionais. Quero agradecer a todos os dirigentes por acompanhar esta decisão”, completou.

A medida entrará em vigor a partir de junho, quando terá início o primeiro Campeonato Argentino profissional de futebol feminino da história.

“Criaremos uma copa nacional que será chamada Futebol em Evolução, que será similar à Copa da Argentina. Espero que o novo torneio seja o pontapé inicial de um crescimento contínuo”, revelou o mandatário.

De início, serão disponibilizados 120 mil pesos argentinos (aproximadamente R$ 11,4 mil) por mês a cada clube, somente para pagamento de salários. A profissionalização do futebol feminino acontece em sintonia ao fortalecimento da igualdade de género no país. No início do ano, a jogadora Macarena Sánchez foi dispensada pelo UAI Urquiza, atual campeão nacional, e, na sequência, entrou com um processo em busca de direitos trabalhistas, para ser reconhecida como profissional.

In terra.com.br

AnaSilva

Adepta do desporto em geral, mas apaixonada pela modalidade REI (Futebol). Passei a fazer parte deste projecto Portal Futebol Feminino em Portugal com a intenção de poder ajudar na divulgação e promoção do Futebol Feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *