“Com esforço as coisas boas acontecem”, Flávia, SC Freamunde

1) B.I. Futebolistico
Nome completo: Flávia Sofia Dos Santos Marinho
Nome Futebolístico: Fafa ou Flávia
Local e data de nascimento:Creixomil-Guimarães,05/10/1994
Nacionalidade: Portuguesa
Profissão: Estudante
Ano que iniciaste a prática futebol federado:2007
Clubes que já representaste no futebol: Futebol Clube Felgueiras , Sport Clube Freamunde
Clube Actual: Sport Clube Freamunde
Posição especifica: Extremo ( Apesar de poder jogar como Lateral, ou ponta de lança )
Títulos Colectivos Conquistados :
Títulos Individuais Conquistados :
Número de internacionalizações:0
Clube Favorito: S.L.Benfica
Número Preferido: 21
Jogador preferido: Leonel Messi
Jogadora preferida: Alex Morgan
Uma virtude: Humildade
Um defeito : Falta de confiança

2)Como é que começaste a praticar futebol?

Nunca liguei muito a brincadeiras de meninas , achava mais piada ao simples facto de brincar com uma bola . A uma dada altura um amigo do meu pai falou que existia uma equipa feminina de futebol perto da minha casa , e como eu gostava de jogar disse-lhe para ele me inscrever lá , para ver como me adaptava , apartir daí nunca mais deixei de jogar .

3)Tiveste o apoio da tua família?

Sim , sempre tive os meus pais a apoiar-me , mas a minha mãe sempre foi a minha grande adepta , nunca falhou um passo meu . Ela diz que um fim de semana sem um jogo meu , não é fim de semana normal.

4)O futebol foi sempre a única paixão , ou gostavas de fazer desporto em geral?

Gosto de fazer desporto , as vezes faço ginásio , mas o futebol sempre foi a minha paixão .

5)Qual foi o melhor e o pior momento que viveste no futebol até hoje e porquê?

Melhor momento ? hum … Já passei por vários que posso dizer que foram bons , mas dois que me marcaram muito , foram : ser chamada a um estágio da seleção, o que me mostrou que com esforço as coisas boas acontecem, e foi também o facto de ajudar a minha equipa na época passada a chegar as meias finais da taça de portugal , que infelizmente acabamos derrotadas , o que se tornou um dos piores momentos da minha vida , para o qual tinhamos trabalhado muito . Outro pior momento foi me ter lesionado pouco depois de ter chegado da seleção no qual estava motivada para continuar a melhorar como jogadora e pessoa , e o facto de querer jogar fez com que eu não tivesse tratado em condições a lesão e acabar por me prejudicar , e ter sido proibida de fazer qualquer tipo de esforço para que a minha recuperação pudesse ser feita de maneira a não me voltar a prejudicar . Foram os dois meses mais longos da minha vida , e que me fizeram perder a pré época.

6)Como te descreves como jogadora?

Sou uma jogadora rápida , forte e com técnica . Mas como diz o meu treinador sou o ” hulk ” do freamunde ..

7)Tens alguma superstição ou ritual antes ou depois dos jogos?

Não saio de casa sem um beijo de boa sorte da minha mãe , e não sei se é uma superstição ou ritual , mas entro sempre com o pé direito no campo ..

8)O que te motiva para continuares a jogar futebol?

O que me dá força para continuar a jogar futebol , é que adoro aquilo que faço . Que ainda tenho muito para aprender, para evoluir e agora mais do que nunca, trabalhar mais e melhor para estar bem fisicamente e psicológicamente , para atingir os objectivos .

9)Alguma vez sentiste que o futebol te prejudicava nos estudos ou na tua vida profissional?

Não , apesar de o futebol me ocupar grande parte do meu tempo , sei que se gerir bem o tempo , consigo conciliar as duas coisas .

10)A falta de condições e de reconhecimento do futebol feminino é só um problema de dinheiro?

Não, na minha opinião é mais da mentalidade das pessoas , que acham o que futebol é um jogo de homens e não de meninas , e isso reflete-se no apoio que o futebol feminino tem , mas felizmente tempos provado que as meninas também sabem jogar a bola .

11)Achas que o futebol feminino ainda está ligado a preconceitos?

Sim muito, vê-se quando se fala num jogo de raparigas ou num simples jogo de aldeias .

12)Achas que num futuro próximo vamos ter uma liga profissional em Portugal?

Não, acho que não há condições para isso .

13)Qual a liga estrangeira que mais te atrai?

Liga espanhola

14)Se te aparecesse uma oportunidade para ser profissional em Portugal ou no estrangeiro aceitavas?

Sim, muito provavelmente aceitaria .

15)Até quando pensas jogar futebol?

Até que o meu corpo me permita , até não ter pernas para correr .

16)Como é vestir a camisola da selecção portuguesa?

Ainda não tive oportunidade de poder representar a nossa seleção , mas já tive o privilégio de poder ser chamada a um estágio, e o facto de poder ter o simbolo da nossa seleção ao peito é um orgulho enorme .

17)Qual a sensação antes de entrar em campo na 1ª internacionalização ? As pernas tremem muito ?

Não sei , mas espero chegar lá um dia ..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *