Este é um exemplo de uma família em que jogar à bola é mesmo para meninas

É a imagem do cartaz de divulgação do projeto sub-12. Quando for grande, quer ter a profissão que lhe der mais dinheiro. Não tem uma jogadora preferida. É a mais nova de três irmãs…e todas jogam à bola!
Leonor Borges Alves, nasceu a 11-02-2004, é outra das artistas mais novas do Clube de Albergaria…e tem muita “pinta”!
A ligação da Leonor ao Clube de Albergaria vem desde a época passada, nessa altura apenas como apoiante, esta época também como jogadora.
Irmã de Beatriz Alves, jogadora da equipa júnior, é há muito presença assídua nas viagens e jogos da equipa sénior.
Simpática, traquina, curiosa e encantadoramente sincera, reconhece “não gosto muito de ver, gosto mesmo é de jogar!… e de falar com as atletas no autocarro!”.
… Sociável, esta pequena líder divide o seu tempo entre escuteiros e futebol, atividades que pretende conciliar “enquanto der”.
Para os pais, Maria José e Eurico Alves, conciliar as atividades da Leonor com a prática desportiva das outras duas filhas é possível com “método, organização e muita vontade”, e não hesitam em afirmar que “se a Leonor quiser jogar à bola, terá o mesmo apoio que damos as nossas outras duas filhas.”
Este é um exemplo de uma família em que jogar à bola é mesmo para meninas.

http://www.facebook.com/#!/FutebolFemininoClubeDeAlbergaria

One Reply to “Este é um exemplo de uma família em que jogar à bola é mesmo para meninas”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *