Euro 2017: Espanholas mais fortes na estreia lusa

portugal espanha

Portugal não conseguiu contrariar o favoritismo espanhol no seu primeiro jogo de sempre no Europeu. Segue-se a Escócia.

Embora a Seleção Nacional A feminina tenha mostrado na segunda parte a atitude competitiva, a determinação e a obsessão de pontuar reveladas na fase de qualificação, a Espanha revelou todo o seu potencial e acabou por vencer com naturalidade o encontro, a contar para a primeira jornada do Grupo D.

Vicky Losada, aos 23 minutos, e Sampedro, aos 42, apontaram os golos que confirmaram o favoritismo espanhol, ainda na primeira parte. No segundo tempo, Sampedro teve a oportunidade de ampliar a vantagem, mas não conseguiu ulttrapassar a guarda-redes Patrícia Morais, que surgiu sempre no sítio certo. Nesta fase do jogo, as portuguesas conseguiram conter quase sempre as subidas das adversárias pelos flancos.

Inglaterra e Escócia, as outras equipas do Grupo D, enfrentam-se às 19h45 em Utrecht. Na segunda jornada da fase de grupos, a selecção portuguesa defronta as escocesas, enfrentando as inglesas na derradeira ronda.

Francisco Neto em discurso direto:

“Foi um jogo difícil, já o sabíamos. A Espanha é uma das grandes candidatas a vencer o Europeu, pois tem tido um crescimento fantástico. Teríamos que conseguir retirar a bola à Espanha e fechar espaços, o que na primeira parte não conseguimos. Na segunda, melhorámos na organização defensiva, mas, quando conseguimos ter bola, tivemos dificuldade, fruto da grande pressão das espanholas no momento da perda. Penso que a equipa foi crescendo e ficando mais tranquila, acertando os ‘timings’ de entrada na bola.

A capacidade para conseguir ter bola era essencial. Quando se passa muito tempo a defender, o discernimento não é o melhor. Não é fácil, são poucas as equipas que conseguem ter bola com a Espanha. Na última meia hora, tentámos subir as linhas, mas a capacidade da Espanha em ter a bola dificultou esse trabalho. Estou feliz com a superação e entrega que as nossas jogadoras tiveram, apesar de alguma intranquilidade. Tenho a certeza que Portugal vai crescer neste Europeu”.

Ficha de jogo:

1.ª Jornada do Grupo D do Campeonato da Europa Holanda 2017
ESPANHA 2 – 0 PORTUGAL

Árbitro: Pernilla Larsson (Suécia)
Árbitros assistentes – Petruta Iugulesco e Mihaela Gomoesco (Roménia)
4.º Árbitro: Katalin Kulcsár (Hungria)

Espanha: Sandra Paños, Marta Torrejón – cap., Irene Paredes, Andreia Pereira, Ouahabi (Maria León, 89′); Sampedro, Sílvia Meseguer, Losada, Caldentey, Hermoso (Mariz Paz, 65′), Putellas.
Suplentes não utilizadas: Gallardo, Mariasun, Jiménez, Torrecilla, Corredera, Alexandra, Olga Garcia, Gonzalez, Latorre, Paula Nicart.
Treinador: Jorge Vilda
Golos: 1-0, Vicky Losada (23′); 2-0 Sampedro (42′)
Disciplina: nada a assinalar

Portugal: Patrícia Morais, Ana Borges, Sílvia Rebelo, Carole Costa, Dolores Silva, Vanessa Marques, Tatiana Pinto, Suzane Pires (Mélissa Antunes, 71′), Ana Leite (Carolina Mendes, 59′), Cláudia Neto – cap., Diana Silva (Laura Luís, 85′).
Suplentes não utilizadas: Jamila, Rute Costa, Mónica Mendes, Raquel Infante, Matilde Fidalgo, Andreia Norton, Fátima Pinto, Amanda Da Costa, Diana Gomes.
Treinador: Francisco Neto
Golos: nada a assinalar
Disciplina: nada a assinalar

In fpf.pt

AnaSilva

Adepta do desporto em geral, mas apaixonada pela modalidade REI (Futebol). Passei a fazer parte deste projecto Portal Futebol Feminino em Portugal com a intenção de poder ajudar na divulgação e promoção do Futebol Feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *