Liga BPI: 15 minutos infernais sentenciaram a partida

A equipa feminina de futebol do Benfica, comandada por Luís Andrade, foi ao Funchal golear o Marítimo por 0-5, em jogo da 5.ª jornada da Liga BPI. Com este triunfo as águias somam 15 pontos e seguem líderes e invictas na competição.

O início de jogo ficou marcado pelo notório domínio encarnado. As benfiquistas foram-se instalando no meio campo adversário à medida que os minutos passavam.

Aos 5′Daiane dispôs de uma boa oportunidade para inaugurar o marcador, mas o livre direto batido pela lateral não levou o caminho da baliza, contudo, foi a primeira ameaça às redes contrárias.

As encarnadas continuavam a carregar e aos 15′ foi a vez de Ana Vitória levar o perigo. A camisola 10 desmarcou-se e, no interior da área, desferiu um potente remate à meia-volta que passou sobre a barra da baliza insular.

[GOLO: 0-1] O primeiro golo da partida foi mesmo do Benfica, aos 24′! Dida colocou a bola em Cloe Lacasse e a canadiana fez o resto. A jogadora das águias arrancou ainda na metade defensiva do terreno de jogo, meteu a quinta mudança, ninguém a travou e concluiu a jogada com um fantástico remate fora da área que não tinha defesa possível.

A equipa do Marítimo não conseguia esboçar qualquer tipo de ataque. Todas as tentativas de saída com a posse do esférico eram rapidamente travadas pelas centrocampistas benfiquistas, que roubavam a bola com astúcia.

Aos 35′ voltou a ser o Benfica a ficar perto do golo! Nycole rececionou a bola dentro da área, mas o remate saiu com pouca força e foi defendido pela guardiã insular.

Até ao fim da primeira parte não se registaram mais situações de perigo e ao intervalo o marcador assinalava: 0-1.

A toada de jogo manteve-se e aos 49′ o Benfica dilatou a vantagem no marcador.

[GOLO: 0-2] Cloe Lacasse atrasou para Yasmim. A lateral-esquerda rececionou e cruzou com conta, peso e medida para o cabeceamento certeiro de Ana Vitória. A jogadora encarnada antecipou-se, cabeceou e o esférico entrou junto ao poste esquerdo. Este foi o segundo golo da atleta das águias.

As dinâmicas ofensivas começaram a surtir efeito e as comandadas de Luís Andrade chegaram rapidamente ao terceiro golo.

[GOLO: 0-3] Na marcação de um pontapé de canto do lado esquerdo, aos 52′, Daiane colocou a bola em Pauleta e a camisola 21 do Benfica encostou de pé esquerdo para o fundo das redes.

Três minutos depois (55′) e a fórmula repetiu-se!

[GOLO: 0-4] Daiane voltou a bater o pontapé de canto no lado esquerdo, mas desta feita foi Sílvia Rebelo a aparecer no interior da área e a cabecear a bola, que entrou, novamente, junto ao poste esquerdo da baliza insular. 

O rolo compressor estava imparável e o quinto golo apareceu por intermédio de Ana Vitória aos 59′.

[GOLO: 0-5] Yasmim bateu o canto do lado direito. Geyse rematou à barra e o esférico sobrou para Ana Vitória, que, de pé esquerdo, disparou a redondinha para o bis na partida.

Depois dos golos, Luís Andrade decidiu fazer as primeiras alterações na partida. Evy Pereira e Lúcia Alves entraram para os lugares de Geyse e Nycole.

As jogadoras encarnadas acalmaram o ritmo de jogo e foram gerindo as ocorrências da partida a seu bel-prazer. A superioridade era indiscutível e, mesmo a um compasso mais calmo, continuavam a ser as águias quem mais perigo criava. Catarina Amado e Patrícia Llanos foram as últimas escolhas do treinador para os últimos momentos do desafio. As duas jogadoras entraram para os lugares de Daiane e Yasmim.

Destaque ainda para uma oportunidade de Evy Pereira já perto do término da partida. O remate da jogadora do Benfica tirou tinta ao poste direito. Resultado final: 0-5.

As águias somaram assim mais três pontos e seguem invictas no Campeonato Nacional: 15 pontos em 15 possíveis46 golos marcados e nenhum sofrido, e o saldo!

Na próxima jornada (6.ª), que se irá realizar no dia 2 de novembro, às 15h00, no Estádio da Tapadinha, o Clube da Luz recebe o UR Cadima.

DECLARAÇÕES

Derbi

Luís Andrade (treinador do Benfica): “Quero parabenizar as minhas atletas. Jogar num campo como este não é fácil, mas trabalhámos bem para ultrapassarmos estas dificuldades. Ultrapassámos as dificuldades e conseguimos fazer golos, mas há que salientar que a equipa do Marítimo tem uma formação muito bem organizada, que sabia o que queria fazer contra o Benfica. O futebol feminino está a evoluir, cada vez se trabalha melhor e estou convencido de que, passo a passo, jogo a jogo, as equipas vão melhorar.”

In https://www.slbenfica.pt

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *