Mundial de 2023 com número recorde de pretendentes

FIFA dá conta do estado do processo de candidatura à organização do Mundial, que será realizada daqui a quatro anos.

Créditos: AFP AFP

Depois do alargamento do número de equipas aprovado por unanimidade no final de julho e do sucesso do mundial feminino deste ano, que terminou com os Estados Unidos da América a levantarem pela quarta vez o troféu, há uma corrida à organização do próximo mundial de futebol feminino em 2023.

São neste momento dez os países cujas federações mostraram à FIFA o seu interesse em organizar a próxima edição do campeonato do mundo feminino, um número recorde.

África do Sul, Argentina, Austrália, Bélgica, Bolívia, Brasil, Colômbia, Coreia do Sul (que demonstrou interesse em colaborar com a Coreia do Norte numa organização conjunta), Japão e Nova Zelândia são neste momento os candidatos a receber a prova daqui a quatro anos.

As federações têm agora até ao próximo dia 2 de setembro para confirmar a sua candidatura.

O anúncio do sucessor da França como anfitrião da prova está marcado para maio de 2020.

In https://desporto.sapo.pt/

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: