“No distrito de Beja há mais jogadoras muito boas, e equipas muito fortes.”, Ana Capeta, CB Castro Verde

1) B.I. Futebolistico
Nome completo: Ana Inês Palma Capeta
Nome Futebolístico: Ana Capeta
Local e data de nascimento: Beja, 22-12-1997
Nacionalidade: Portuguesa
Profissão:  Estudante
Ano que iniciaste a prática futebol federado: 2005
Clubes que já representaste no futebol: Operário Futebol Clube; Mineiro Aljustrelense; Casa do Benfica em Castro Verde
Clube Actual: Casa do Benfica em Castro Verde
Posição especifica: Avançada
Títulos Colectivos Conquistados : Supertaça Distrital de Beja 2012
Títulos Individuais Conquistados : Melhor marcadora na Taça Distrital de Beja (Infantil Masculino); Supertaça Distrital de Beja (Futebol 7 Feminino).   
Número de internacionalizações: 2 sub-16
Clube Favorito: Sporting Clube de Portugal
Número Preferido: 8
Jogador preferido: Lionel Messi
Jogadora preferida: Marta (Brasil)
Uma virtude: Sede de vitória
Um defeito: Nunca estar quieta

 

 

2) Como é que começaste a praticar futebol?  

Comecei a jogar nos intervalos dos jogos de futebol do meu pai, porque tinha o hábito de o acompanhar.

 

 

 

3)Tiveste o apoio da tua família?

Sim, a minha família sempre me apoiou em todos os momentos.

 

 

 

4)O futebol foi sempre a única paixão , ou gostavas de fazer desporto em geral?

O futebol é a minha paixão, mas ainda hoje continuo a praticar atletismo.

 

 

 

5)Qual foi o melhor e o pior momento que viveste no futebol até hoje e porquê?

O melhor momento foi a vitória da supertaça distrital pela Casa do Benfica em Castro Verde e representar a Selecção Distrital de Beja. Nunca tive maus momentos, excepto pequenas lesões.

 

6)Como te descreves como jogadora?

Sou muito veloz e com sentido de golo. Luto do princípio ao fim do jogo, porque, na minha posição tenho de ser a primeira a tentar recuperar a bola, e a surpreender as adversárias.

 

 

 

7)Tens alguma superstição ou ritual antes ou depois dos jogos?

Antes dos jogos, gosto de andar com um peluche oferecido por uma enorme amiga!

 

 

8)O que te motiva para continuares a jogar futebol?

Será sempre a minha paixão. Não me imagino sem futebol e sem competição.

 

 

9)Alguma vez sentiste que o futebol te prejudicava nos estudos ou na tua vida profissional?

Acaba por prejudicar um pouco, porque perco algum tempo com as viagens para os treinos e para os jogos.

 

 

10)A falta de condições e de reconhecimento do futebol feminino é só um problema de dinheiro?

É um problema de cultura. Nós jogamos tão bem quanto os rapazes. E no distrito de Beja há mais jogadoras muito boas, e equipas muito fortes.

 

11)Achas que o futebol feminino ainda está ligado a preconceitos?

Sim, talvez haja medo de admitir que as raparigas também têm qualidade.

 

 

12)Achas que num futuro próximo vamos ter uma liga profissional em Portugal?

Espero que sim.

 

 

 

13)Qual a liga estrangeira que mais te atrai?

Estados Unidos da América.

 

 

14)Se te aparecesse uma oportunidade para ser profissional em Portugal ou no estrangeiro aceitavas?

Claro que aceitava!!! É um sonho e objectivo pessoal.

 

 

15)Até quando pensas jogar futebol?

Sempre!!! Não penso desistir. Só muito velhinha…

 

 

Como é vestir a camisola da selecção portuguesa?

Espero estrear-me o mais cedo possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *