“O futebol ocupa algum tempo, mas prejudicar não, até ajuda, há é que saber organizar o nosso tempo”, Rita Fernandes, Quintajense FC


1)BI Futebolístico
Nome completo: Ana Rita Guerreiro Fernandes
Nome Futebolístico: Rita Fernandes
Local e data de nascimento: Setúbal, 16 de Fevereiro de 1990
Nacionalidade: Portuguesa
Profissão: Estudante
Ano que iniciaste a prática futebol federado: 2009
Clubes que já representaste no futebol:Palmelense Futebol Clube
Clube Actual: Quintajense Futebol Clube
Posição especifica: Defesa Central
Títulos Colectivos Conquistados :
Títulos Individuais Conquistados :
Número de internacionalizações:
Clube Favorito: Vitória Futebol Clube
Número Preferido: 2
Jogador preferido: Pepe, Cristiano Ronaldo e Messi
Jogadora preferida: Marta, Hope Solo, Carla Couto
Uma virtude: Verdadeira
Um defeito : Teimosa

2)Como é que começaste a praticar futebol?

Comecei pelo gosto que tenho pela modalidade, e por se ter proporcionado essa oportunidade de poder fazer parte de uma equipa.

3)Tiveste o apoio da tua família?

Sim, claro. Como é algo que gosto e muito de fazer, apesar de já ter idade suficiente para ter tomado essa decisão sozinha, tive sempre apoio.

4)O futebol foi sempre a única paixão , ou gostavas de fazer desporto em geral?

O futebol é uma grande paixão, por isso é que o pratico. Mas também gosto de outras modalidades desportivas.

5)Qual foi o melhor e o pior momento que viveste no futebol até hoje e porquê?

O melhor está a ser sem dúvida esta época, por inúmeros fatores, mais confiança e motivação em cada lance. E o pior foi a época passada devido a lesão que tive, uma entorse no tornozelo do pé esquerdo que me impediu de jogar grande parte da época.

6)Como te descreves como jogadora?

Atualmente uma jogadora mais concentrada e motivada, tento ao fim ao cabo ser eu própria.


7)Tens alguma superstição ou ritual antes ou depois dos jogos?

Antes do jogo tento entrar com o pé direito no campo.

8)O que te motiva para continuares a jogar futebol?

Para já o gosto pelo futebol que é enorme, a sensação de ganhar cada lance e a equipa, ou seja o grupo onde estou inserida que é fantástico.

9)Alguma vez sentiste que o futebol te prejudicava nos estudos ou na tua vida profissional?

É certo que ocupa algum tempo, mas prejudicar não, até ajuda há é que saber organizar o nosso tempo.

10)A falta de condições e de reconhecimento do futebol feminino é só um problema de dinheiro?

Isso é um ponto relevante, mas as mentalidades também têm de ser mudadas para que haja essa reviravolta no futebol feminino.

11)Achas que o futebol feminino ainda está ligado a preconceitos?

Já é notável, alguma mudança em relação a isso, mas ainda se sente.

12)Achas que num futuro próximo vamos ter uma liga profissional em Portugal?

Isso era maravilhoso, mas acho que ainda há um longo caminho a percorrer.

13)Qual a liga estrangeira que mais te atrai?

Inglesa e espanhola.

14)Se te aparecesse uma oportunidade para ser profissional em Portugal ou no estrangeiro aceitavas?

Claro que sim.

15)Até quando pensas jogar futebol?

Até conseguir conciliar com a minha profissão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *