Objetivos bem definidos

A Selecção Nacional Feminina A cumpriu, este domingo, o seu terceiro dia de estágio tendo em vista a preparação para o derradeiro encontro de qualificação para o Campeonato da Europa, agendado para a próxima quarta-feira (19 de Setembro), em Jokri Park, Vejle, diante da Dinamarca.

O Seleccionador Nacional, António Violante, contou uma vez mais com a disponibilidade de todas as jogadoras convocadas nas duas sessões de treino que decorreram em Rio Maior.

Vanessa Malho, uma das jogadoras que esteve em plano de destaque no Europeu de Sub-19 em que a Equipa das Quinas foi semi-finalista, explicou ao fpf.pt que a adaptação à Selecção A tem sido fácil.

“É um grupo ligeiramente diferente, como eu já estava à espera, mas receberam-me muito bem e tem sido bastante fácil adaptar-me aos métodos e às rotinas, até porque não diferem muito do que eu já fazia nas Sub-19. A exigência é exactamente igual e temos um objectivo bem definido, tal como em qualquer outra situação anterior, por isso não é difícil estabelecer metas”, assegurou.

A atacante lusa explicou que “temos trabalhado bem, de forma aplicada e entrosada, porque a nossa ambição é sair da Dinamarca com um bom resultado e, acima de tudo, com uma boa exibição.”

Apesar de ter apenas 16 anos a atacante diz-se tranquila e aposta em fazer tudo para merecer a confiança dos técnicos. “Para já, não há nervosismo nenhum, estou a encarar essa possibilidade com muita tranquilidade, mas acredito que, há medida que a data do jogo se aproximar, a ansiedade comece a surgir. A verdade é que, quer jogue ou não, já me sinto extremamente feliz por estar aqui, por ter chegado a este patamar de excelência, por isso vou tentar fazer tudo para merecer a confiança dos nossos treinadores. Sei que sou a mais nova e que tenho um longo caminho a percorrer, mas tudo farei para mostrar que estou cá de corpo e alma e se for chamada a intervir no jogo quero dar provas das minhas capacidades.”

Para a atacante do Vilaverdense a experiência no Europeu de Sub-19 revelou-se muito positiva.. “Foi uma mais-valia ter participado na fase final do Europeu, porque adquiri muita experiência e ajudou-me a encarar os desafios que se aproximam. Na Turquia, aprendi muitas coisas e agora sinto-me mais à vontade aqui na Selecção. A partir daqui, espero corresponder às expectativas dos nossos treinadores, dar o meu melhor e ajudar a equipa a atingir os objectivos. Sei que estou melhor desde que participei no Europeu e sei, também, que poderei evoluir ainda mais neste espaço de excelência”, rematou.

In www.fpf.pt

AnaSilva

Adepta do desporto em geral, mas apaixonada pela modalidade REI (Futebol). Passei a fazer parte deste projecto Portal Futebol Feminino em Portugal com a intenção de poder ajudar na divulgação e promoção do Futebol Feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *