Palestina dá novo passo histórico

Na última quinta-feira, dia 10 de fevereiro, a Palestina atingiu um novo marco com a abertura do primeiro campeonato feminino de futebol do país. O passo mais recente no desenvolvimento do esporte na turbulenta nação foi dado em um momento animador, já que a modalidade vem fazendo progressos significativos e contínuos em ritmo considerável nos territórios palestinos.

No histórico jogo inaugural estavam presentes o primeiro-ministro palestino, Salam Fayyad, o assessor especial de esporte para a construção da paz da ONU, Willi Lemke, e o presidente da Federação Palestina de Futebol (FPA), Jibril Rajoub.

Antes do atual torneio, o futebol feminino na Palestina só era disputado entre equipes de cinco jogadoras, em quadras fechadas. Por esse motivo, a mudança para um formato mais tradicional do esporte representa um grande passo para as jogadoras do país. O ACM Sareiat de Ramallah e o Deyara de Belém — campeão e vice do torneio de futebol de cinco de 2010, respectivamente — tiveram a honra de disputar a partida de abertura do novo campeonato.

Para estar à altura da ocasião, o jogo foi disputado no Estádio Faisal Al-Husseini de A-Ram, uma reluzente arena internacional financiada pela FIFA e inaugurada em 2008. Diante de um animado público de 11 mil pessoas, a equipe de Belém acabou vencendo por 2 a 0.

Apesar de sair derrotada, a jogadora Carolina, do ACM Sareiat, cuja grande habilidade impressionou a torcida presente, preferiu olhar pelo lado positivo. “Apesar de o meu time ter perdido, fico feliz com a nossa boa atuação e com o carinho que as jogadoras mostraram umas pelas outras”, disse. “A cerimônia de abertura do campeonato foi maravilhosa e teve um público enorme. Foi um grande passo para o desenvolvimento do futebol feminino.”

Cada um dos seis clubes participantes recebeu apoio financeiro extra da FPA, assim como as equipes do torneio de futebol de cinco, que continua sendo disputado em paralelo com a nova competição. É um avanço importante, típico do progresso que o futebol, tanto feminino quanto masculino, vem tendo na Palestina.

Um exemplo é a seleção nacional feminina, que vem participando de um número cada vez maior de torneios regionais e continentais. Assim, a meta de disputar as eliminatórias de um torneio da FIFA está cada vez mais ao alcance do grupo. Por sua vez, o selecionado masculino também vem progredindo nos últimos anos. Agora, tanto a seleção principal quanto a olímpica podem finalmente jogar amistosos em casa.

Após o início da nova liga feminina, o próximo passo deve ser a primeira partida entre seleções da história em território palestino. Será um jogo contra a Tailândia pelo torneio pré-olímpico masculino para Londres 2012. Assim, o futuro do futebol do país parece mais promissor do que nunca.

“O lançamento deste campeonato é um grande feito para a modalidade na Palestina e para o futebol feminino em particular”, disse a jogadora Honey Thaljyeh. “Ele mostra o nível de conscientização das jogadoras palestinas e o nosso papel na sociedade. Foi um jogo histórico.”

In pt.fifa.com

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *