«Ronaldo deixou Madrid com uma tristeza indescritível»

Dolores Silva, internacional portuguesa que alinha no Atlético Madrid descreve, a A BOLA, a angústia dos adeptos após a desilusão na Champions. A Juventus eliminou o Atlético Madrid da Liga dos Campeões com três golos de Cristiano Ronaldo. Após a vantagem (2-0) conseguida na primeira mão, em solo espanhol, os adeptos do Atlético estavam extremamente otimistas na passagem da sua equipa aos quartos de final, para mais com a final a ser jogada precisamente em sua casa este ano.

Tudo isto somado causou, naturalmente, um transtorno emocional muito grande aos aficionados do emblema colchonero. Foram horas de angústia na capital espanhola e o dia seguinte pior:

«Só visto… Contado é difícil. O Ronaldo deixou a cidade de Madrid com uma tristeza indescritível. Os adeptos do Atlético estavam confiantes, a vantagem da primeira mão era muito interessante mas, de repente, apareceu um rapaz chamado Cristiano Ronaldo que… acabou com o sonho dos colchoneros. É um jogador extraordinário! É um astro do futebol e não há ninguém como ele», confessou.

Além da deceção da eliminação, caiu também por terra o sonho do Atlético poder disputar a final da Liga dos Campeões em sua casa. E Dolores também sentiu isso nas reações: «Sim, foi uma desilusão tremenda, é normal. Tinham a motivação extra de poderem disputar o maior troféu de clubes da Europa em sua casa, num estádio fantástico como é o Wanda Metropolitano, mas o Ronaldo não deixou.»

IN abola.pt

AnaSilva

Adepta do desporto em geral, mas apaixonada pela modalidade REI (Futebol). Passei a fazer parte deste projecto Portal Futebol Feminino em Portugal com a intenção de poder ajudar na divulgação e promoção do Futebol Feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *