Seleção Sub-17: As eleitas para o estágio do Europeu feminino

Equipa das Quinas vai estar em estágio na Cidade do Futebol durante quatro dias (VÍDEO).

A Federação Portuguesa de Futebol divulgou esta quarta-feira a convocatória para o último estágio de preparação da Seleção Nacional feminina sub-17 antes do Europeu da categoria.

O Treinador Nacional José Paisana elaborou uma lista de 23 jogadoras para os trabalhos que vão decorrer na Cidade do Futebol entre os dias 22 e 25 de abril.

A comitiva nacional vai concentrar-se novamente no dia 29 de abril, já com as 20 eleitas para a fase final do Campeonato da Europa Bulgária-2019, que vai decorrer entre os dias 5 e 17 de maio.

A viagem para Albena, cidade búlgara que vai servir de “quartel-general” à equipa nacional, está agendada para o dia 30 de abril.

Portugal está incluído no grupo A, juntamente com as seleções da Bulgária, da Dinamarca e da Espanha.

No grupo B estão as equipas da Áustria, da Inglaterra, da Alemanha e da Holanda.

Apenas os dois primeiros classificados passam às meias-finais da competição.

CALENDÁRIO COMPLETO

Portugal vai somar a sua segunda presença em fases finais de Europeus femininos sub-17, depois da participação na edição de 2013, que decorreu em Inglaterra.

Os “objetivos claros” de José Paisana

Em declarações ao fpf.pt, o técnico português de 58 anos – que lidera um grupo constituído sensivelmente por 50% de jogadoras em idade sub-16 – enumerou as metas da Equipa das Quinas para o torneio onde apenas estarão as oito melhores seleções femininas sub-17 da Europa: “Desfrutar do momento, permitir que as jogadoras estejam num espaço competitivo de muita adversidade e fazê-las crescer. Isto é muito claro para nós.”

Convidado a analisar individualmente os três adversários da fase de grupos, José Paisana teve um discurso coerente com o cenário de dificuldades que espera encontrar: “É um grupo muito difícil. Tem a Espanha – campeã da Europa e campeã do Mundo [no escalão sub-17] – ainda com jogadoras do grupo que teve nesses dois títulos. É uma equipa muito competente, que joga com inteligência e que esteve em cinco finais nos últimos cinco anos entre as sub-17 as sub-19 […]. Depois, a Dinamarca é uma seleção de cariz muito físico, poderosíssima, com muito talento individual. Tem um padrão diferente daquele que a Espanha apresenta, mas também é muito complicado para nós. São estes dois padrões – de Espanha e Dinamarca – que vamos encontrar num patamar um pouco mais complexo. Por último, a equipa da “casa”, a Bulgária. As suas jogadoras vão estar super motivadas, estes serão os três jogos das suas vidas. Será o nosso primeiro adversário e o jogo vai ser muitíssimo difícil”, perspetivou o Treinador Nacional.

Admitindo que assenta sempre as suas convocatórias em “critérios de competência, talento e disponibilidade no momento”, o principal responsável técnico pelas sub-17 nesta época desportiva valoriza o processo que colocou a Equipa das Quinas num patamar de desempenho alto: “A grande maioria – nomeadamente as jogadoras mais novas – já tem várias internacionalizações. Vivenciaram um conjunto de experiências muito importante […]. É um grupo que trabalhou muito, que cresceu muito, que se uniu muito na dificuldade. Para além da competência técnica, sabem estar, sabem trabalhar, sabem questionar… Como tal, dão-nos garantias de que [o conjunto que estará no Europeu] pode ser muito parecido com o que utilizámos no primeiro apuramento e agora [na Ronda de Elite]. Estamos confiantes que tudo vai correr bem e que elas estarão disponíveis para as podermos chamar”, salientou.

José Paisana, que vai estar presente na sua quarta fase final em Europeus femininos (a segunda como treinador principal), fez questão de enaltecer a importância deste apuramento para Portugal: “É muito difícil, no feminino, chegarmos a um Campeonato da Europa. São só 7 equipas que lá conseguem chegar, num universo de 48. É preciso que um conjunto de fatores se agregue para uma seleção lá conseguir chegar. Para Portugal, e apesar da evolução que temos tido, apesar de termos estado em três fases finais nos últimos 7 anos, é sempre muito difícil. Estes são momentos em que as jogadoras vão viver coisas novas, vão ver outras jogadoras, vão estar num contexto de adversidade muito grande. Só por si, isso já é qualquer coisa de diferente.”

Eis a convocatória completa:
GD Estoril Praia: Inês Matos
GDC A-dos-Francos: Cláudia Mendinhas
Lusitano FC Vildemoinhos: Joana Caiado e Maria Alagoa
Ribeirão 1968 FC: Adriana Rocha
SC Braga: Carolina Almeida, Inês Oliveira, Luísa Pinheiro, Maria Leonor e Sofia Silva
SC Castêlo da Maia: Maria Miller
SC Porto: Maria Negrão
SL BenficaAna Assucena, Ana Oliveira, Carolina Santana, Francisca Nazareth, Lara Pintassilgo e Mariana Alberto
Sporting CP: Alícia Correira, Andreia Jacinto, Bárbara Lopes e Marta Ferreira
UR CadimaLuana Marques

Clique aqui para consultar o mapa de internacionalizações das jogadoras convocadas.

Eis o programa do estágio da Seleção Nacional feminina sub-17:

22.04.2019| segunda-feira
14h00 Concentração das jogadoras (Gare do Oriente, Lisboa)
14h30 Concentração das jogadoras (Cidade do Futebol)
18h00 Treino na Cidade do Futebol (15 minutos abertos aos OCS)

23.04.2019| terça-feira
10h30 Treino na Cidade do Futebol (15 minutos abertos aos OCS)
18h00 Treino na Cidade do Futebol (15 minutos abertos aos OCS)

24.04.2019| quarta-feira
10h30 Treino na Cidade do Futebol (15 minutos abertos aos OCS)
20h00 Jogo-treino na Cidade do Futebol com a equipa sénior feminina do GD Estoril Praia (aberto aos OCS)

25.04.2019| quinta-feira
10h30 Treino na Cidade do Futebol (15 minutos abertos aos OCS)

In www.fpf.pt

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *