Shade Pratt: «Sou negra e não peço desculpa por isso»

Shade Pratt conta que foi verbalmente agredida durante um jogo no último fim-de-semana

Foto: Luís Vieira
A norte-americana Shade Pratt, jogadora do Sp. Braga, contou nas redes sociais que foi vítima de racismo no último fim-de-semana, no jogo em que as minhotas venceram o Cadima, por 7-0, fora de casa.

A futebolista conta que foi insultada por uma adepta que se encontrava na bancada e que, quando a confrontou, ela ter-se-á escondido entre os restantes espectadores.

“Como norte-ameriana com ascendência africana, o racismo e as micro-agressões diárias não me são estranhas, mas no último fim-de-semana, em Portugal, aconteceu-me uma situação destas quando praticava o desporto que amo. Uma fã da equipa adversária atirou-me um insulto racista durante o jogo”, contou Shade Pratt.

“O racismo é uma cobardia e um gesto de pouca classe. Desse modo, ela decidiu esconder-se entre a multidão e não se atreveu a vir dizê-lo na minha cara. As pessoas que estavam ao lado dela e que permitiram que ela se escondesse, escolheram um lado nesta luta contra o racismo ao ficarem silenciosos e talvez permitindo que ela venha a repetir este comportamento”, frisou.

Artigo completo em https://www.record.pt/

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

One Reply to “Shade Pratt: «Sou negra e não peço desculpa por isso»”

  1. Pingback: ·

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *