Sub-19 – Inês Pereira: “Continuar a jogar à Portugal”

Generica_GR

Depois do desaire frente à Holanda, a guarda-redes Inês Pereira considera que o mais importante é que as sub-19 continuem fiéis à identidade do seu jogo.

A Seleção Nacional feminina sub-19 está a regir bem ao desaire averbado diante da congénere holandesa, este sábado, em encontro da segunda jornada da Ronda de Elite.

Apesar do resultado desnívelado, a guarda-redes Inês Pereira acredita que a reação das jogadoras portuguesas revela confiança no caminho que está a ser feito: “Estamos a reagir bem, embora ainda não tenhamos esquecido o resultado de ontem. Queremos continar a fazer o nosso trabalho com muito amor e muita dedicação, respeitando sempre o peso de vestir a camisola do nosso país”, garantiu.

A presença no Europeu da Irlanda no Norte já não é possível, mas a guardiã das sub-19 diz que o grupo continua motivado para trabalhar e competir com a Eslováquia: “Queremos ter um desempenho melhor comparativamente aos jogos anteriores, mas não achamos que foi tudo mau. Houve muitos momentos em que fomos competentes contra duas seleções muito fortes [França e Holanda], jogámos à Portugal e criámos perigo. A bravura e a coragem fazem parte das qualidades dos portugueses e mostrámos isso mesmo. Agora o importante é mantermo-nos fiéis à nossa identidade”, considerou.

O jogo frente às Eslovacas, já na próxima terça-feira, será encarado com toda a seriedade: “Será mais um jogo complicado, mas queremos acima de tudo melhorar os aspetos menos positivos que identificámos nos jogos anteriores. Queremos continuar a evoluir e a jogar o nosso futebol”, concluiu.

Programa da Seleção Nacional feminina sub-19:

10 de abril de 2017 | segunda-feira
11h45: Treino (local a indicar)

11 de abril de 2017 | terça-feira
19h00: Jogo:Portugal vs Eslovénia no AV&CV Robur et Velocitas 1882, Apeldoorn

12 de abril de 2017 | quarta-feira
13h40: Partida para Lisboa
15h40: Chegada a Lisboa

*A hora indicada é local. Na Holanda é mais uma hora que em Portugal continental.

 

In FPF.PT

Joana Lima

Desde 2011 comecei a assistir a alguns jogos na TV. Depois da final da Champions, apaixonei-me por este desporto. Não escrevo com o Novo Acordo Ortográfico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *