Taça de Portugal: Erros pagam-se (muito) caro

O SC Braga perdeu este sábado frente ao SL Benfica por 2-4, na 2ª mão da meia-final da Taça de Portugal Feminina. A formação liderada por Miguel Santos teve demasiados erros dentro das quatro linhas e acabou por ser eliminada da prova rainha do futebol feminino português.

O SL Benfica apresentou um sistema tático diferente do habitual e as Gverreiras tardaram em adaptar-se no início do encontro. Aos 9 minutos, as águias já venciam por 3-0 com golos apontados por Geyse (3’), Darlene (5’) e Yasmim (9’). Com tantos erros acumulados nos primeiros 10 minutos, exigia-se uma forte reação do SC Braga. No entanto, a equipa minhota nunca conseguiu encontrar o caminho certo para reduzir a desvantagem no primeiro tempo.

Na segunda parte, as Gverreiras entraram melhor e conseguiram chegar várias vezes com perigo à baliza de Dani Neuhaus. Aos 56’, Rilany (SL Benfica) tocou a bola com o braço dentro da grande área, mas Sandra Bastos nada assinalou – um lance que provocou grandes protestos por parte dos adeptos do SC Braga. Seis minutos depois, contra a corrente do jogo, o SL Benfica dilatou a vantagem através de Evy Pereira. O conjunto comandado por Miguel Santos conseguiu reagir à pesada desvantagem. Laura Luís (65’) e Vanessa (67’) fizeram dois golos que permitiram ainda à turma bracarense estar mais dentro do jogo. No entanto, apesar das Gverreiras do Minho terem deixado tudo em campo até ao final do encontro, o resultado não sofreu alterações.

In scbraga.pt

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: