Taça de Portugal: Mara Vieira lamenta terem impedido entrada da filha no Jamor

Mara Vieira, treinadora do Valadares Gaia, lamentou, após ter perdido a Taça de Portugal para o Benfica, que a Federação Portuguesa de Portugal tivesse vetado o acesso da filha de 15 dias ao Estádio Nacional.

«Ter um filho é uma escolha pessoal e é possível tê-lo e conciliar com ser treinadora de futebol, mas tem de haver alteração de mentalidades», disse a treinadora, que acabou por ter chegado atrasada ao relvado por ter estado com a filha nas proximidades do Jamor minutos antes do pontapé de saída do encontro.

Nesse sentido, a treinadora remeteu para a FPF as «explicações para ter chegado atrasada», referindo no entanto que o mais importante é que «as jogadoras estão contentes» pela treinadora e que o Valadares Gaia «apoiou sempre» a sua decisão.

Entretanto, a FPF esclareceu que «a bebé ficou com o pai na Cidade do Futebol, nas proximidades do Estádio Nacional, uma vez que, por lei, não é permitida a presença de crianças com idade inferior a três anos no recinto desportivo».

In https://maisfutebol.iol.pt/

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: