Vanessa Marques: “Focadas e muito motivadas”

Internacional portuguesa Vanessa Marques espera grandes dificuldades no segundo jogo frente aos Estados Unidos, mas garante que a condição anímica de Portugal está no máximo.

Motivação em alta e vontade de crescer. São estas as premissas com que a Seleção Nacional A feminina vai encarar o segundo jogo frente aos Estados Unidos. Na antevéspera da partida, que decorrerá no Estádio Allianz, em Saint Paul, Minnesota (01H00), a internacional portuguesa recusa apostar num resultado, mas deixa uma certeza.

“Estamos focadas e muito motivadas. Queremos fazer um bom jogo frente às melhores do Mundo. O primeiro não correu como desejávamos e estamos conscientes dos obstáculos que temos de ultrapassar terça-feira. Mas as dificuldades motivam-nos”, afirmou a jogadora do SC Braga.

“Só jogando frente às melhores seleções é que conseguimos evoluir. Por isso queremos aproveitar todos os momentos que nos serão proporcionados para podermos crescer como coletivo. Queremos perceber onde somos mais fracas e mais fortes. O nosso objetivo é trabalhar e limar arestas antes da qualificação para o Campeonato da Europa [de 2021]. Esta experiência vai ser muito enriquecedora para o futuro da nossa seleção”, explicou.

Jogar perante uma plateia de 50 mil pessoas é algo que Vanessa Marques promete “repetir na memória muitas vezes”. “Foi um momento arrepiante que irei sempre recordar. Temos vindo a lutar para que a igualdade de género aconteça no futebol. Em Filadélfia sentimos essa igualdade ao vermos o estádio tão composto e o ambiente incrível que os adeptos proporcionaram”.

Com a centésima internacionalização mais perto – soma 99 jogos de Quinas ao peito, pelas seleções nacionais A e sub-19 –, Vanessa Marques não esconde a felicidade pelo trajeto já cumprido.

“É um orgulho enorme ter vestido a camisola de Portugal tantas vezes. Sempre que a visto sinto-me feliz e com uma vontade enorme de fazer mais”, frisou, contando que a primeira internacionalização pelas AA e as sub-19 “foram momentos muito especiais”.

“Estreei-me pela Seleção A num jogo frente à Dinamarca. O meu coração batia acelerado, porque tinha sonhado com aquilo tantas vezes. Nas sub-19, a estreia foi contra o País de Gales. Também me lembro como se fosse hoje”, descreveu.

A atacante, de 23 anos, falou com brilho nos olhos sobre “a alegria de ter estado em dois momentos históricos das seleções femininas de Portugal”. “Estive na primeira fase final europeia de Portugal, que foi o Europeu sub-19 na Turquia. E também estive no primeiro Europeu da Seleção A, na Holanda, em 2017. É um orgulho muito grande, claro”.

Depois de defrontar as Campeãs do Mundo, Vanessa Marques terá um ciclo quase ‘infernal’ de jogos pelo clube que representa: a Supertaça feminina, frente ao SC Braga, o jogo da Liga dos Campeões, com o Paris Saint-Germain, e um embate na Liga BPI diante do Sporting. Nada que belisque a tranquilidade à jogadora.

“São muitos jogos e viagens em duas semanas. Há que gerir da melhor forma e aproveitar os diferentes momentos competitivos. A recuperação e a condição física são muito importantes e eu tenho cuidados nesse sentido. Importante é estar bem e ajudar a minha equipa a ganhar”, avisou.

Apuramento a 4 de outubro

Os jogos frente aos Estados Unidos, recorde-se, servem os propósitos de preparação da Seleção Nacional para a qualificação do Europeu de 2021. Portugal inicia esse apuramento a 4 de outubro, com uma deslocação à Albânia. Seguem-se dois embates frente à Finlândia – o primeiro em casa, a 12 de novembro, e o segundo em solo finlandês, a 10 de abril de 2020.

A 14 de abril, a armada lusa visitará a Escócia. Já os jogos frente ao Chipre estão marcados para os dias 5 (fora) e 9 de junho (casa).

A Equipa das Quinas encerrará a qualificação em casa, no mês de setembro de 2020, com jogos frente à seleção escocesa (dia 18) e a Albânia (dia 22).

Apuram-se para a fase final os vencedores de cada grupo de qualificação mais os três segundos classificados com melhores resultados face ao primeiro, terceiro, quarto e quinto no seu grupo.

Os restantes segundos classificados vão disputar um “play-off” em outubro de 2020, para assegurar as três vagas em aberto na fase final.

Programa da Equipa das Quinas**:

01.09.2019 | domingo
17h30 Treino no Minnesota United FC Training Fields

02.09.2019 | segunda-feira
11h00 Treino no Minnesota United FC Training Fields

03.09.2019 | terça-feira
19h00 JOGO EUA X PORTUGAL – Allianz Field

04.09.2019 | quarta-feira
09h38 Voo B6 836 Minneapolis – Boston
13h24 Chegada a Boston Logan International Airport
18h20 Voos TP 218 Boston – Lisboa

05.09.2019 | quinta-feira
05h56 Chegada ao Aeroporto de Lisboa
Pequeno-almoço no Hotel Tryp Aeroporto

**As horas mencionadas são as locais. No estado do Minnesota são menos seis horas que em Portugal continental.

In www.fpf.pt

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *