Viseu 2001 suspende equipa sénior por questões financeiras

O Viseu 2001 suspendeu a atividade da equipa sénior de futebol feminino. A decisão foi anunciada na passada quarta-feira (15 de agosto) numa medida que inverte assim o percurso assumido pela formação que impulsionou a modalidade no distrito e esteve na Primeira Divisão nacional nas épocas 2015/2016 e 2016/2017.

Questionado pelo Jornal do Centro, o responsável pela secção do futebol dos viseenses, Fernando Figueiredo, justificou a suspensão por questões financeiras. “Nós tínhamos as equipas sénior, júnior e de infantis para as competições nacionais e, face às receitas angariadas e aos custos, não era possível manter a equipa sénior a competir”, esclarece o dirigente, que também justifica a deliberação pela falta de jogadoras para preencher o plantel.

“Nós temos atletas seniores no clube, mas contamos apenas com sete jogadoras. Para o próximo ano, temos 19 atletas que acabarão a formação de juniores e chegam ao primeiro ano de senior e assim haverá uma escolha muito maior”, sublinha Fernando Figueiredo, que também levanta outras questões como a saída das jovens para grandes centros urbanos como Lisboa e Porto, levando com que estejam mais afastadas de Viseu e impedidas de competir.

O dirigente do Viseu 2001 lamenta ainda o que diz ser os escassos apoios da Câmara local, garantindo que o objetivo passa agora por levantar a suspensão no próximo ano para que o projeto das seniores femininas não acabe definitivamente.

“O município de Viseu tem de pensar sobre esta situação. Não vamos desistir do projeto por causa da Câmara, mas não faz sentido que uma equipa sénior na Segunda Divisão tenha 3.500 euros. É uma pena”, diz.

Fernando Figueiredo também fez questão de elogiar a aposta do Lusitano na criação de uma equipa semelhante na modalidade, falando de uma notícia “bem-vinda” tendo em conta aquilo o que considera a inexistência de emblemas do interior a competir nos campeonatos nacionais.

“Temos de olhar para a realidade. Os políticos dizem que a interioridade é um fator que merece apoio, mas constatamos que todas as equipas estão em Lisboa e Aveiro”, afirma.

No entanto, o responsável pela secção do futebol garante que, para já, não existe nenhum contacto entre o Viseu 2001 e os trambelos para que as jogadoras possam mudar-se para Vildemoinhos.

Esperam-se agora novidades no que toca à entrada do Lusitano no futebol feminino, um anúncio que foi revelado no âmbito das comemorações dos 102 anos do clube.

In https://www.jornaldocentro.pt

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *