We Di promete mudanças na China

O secretário-geral da Federação Chinesa de Futebol, Wei Di, visitou a sede da FIFA hoje para assinar um acordo com a entidade máxima do futebol mundial a fim de desenvolver o esporte das multidões na nação mais populosa do planeta. A FIFA prometeu apoio técnico, gerencial e organizacional para que a Federação Chinesa de Futebol aprimore as suas competições profissionais.

FIFA.com: Como este acordo beneficiará o futebol chinês?
Wei Di: O futebol da China precisa de ajuda neste momento. A FIFA fez duas visitas ao país em novembro e fevereiro, quando foi realizada uma inspeção muito detalhada da situação atual do futebol chinês. Então a FIFA fez algumas propostas. As propostas e necessidades foram colocadas neste acordo. Ele trata principalmente de cursos de treinamento em diversas áreas e para diferentes grupos na China.

Desde a participação na Copa do Mundo da FIFA 2002 e o segundo lugar na Copa Asiática de Seleções 2004, a sua seleção não vem tendo grandes resultados. O que é necessário melhorar?
Não trabalhamos o suficiente até o momento para desenvolver o futebol no país. Encontramos alguns problemas, mas agora o governo prometeu total apoio e queremos reconstruir toda a estrutura com a meta de ter uma boa plataforma para os jovens aprimorarem as habilidades na China.

O futebol feminino ainda é bastante apreciado na China?
Sim. A seleção não está se saindo muito bem pelos motivos que mencionei antes e não conseguiu se classificar para a Copa do Mundo Feminina da FIFA Alemanha 2011. Mas, com o apoio do governo e o plano da FIFA, tenho certeza de que as coisas mudarão. Estamos aguardando o desempenho do selecionado na Algarve Cup em Portugal (de 2 a 9 de março).

Quais são os próximos objetivos para o futebol chinês?
Em primeiro lugar, vamos nos concentrar nas categorias de base. Depois queremos muito melhorar os resultados das respectivas seleções. Bons resultados vão obviamente elevar o interesse dos jovens no futebol. Também vamos tentar fazer o possível para sediar eventos internacionais. Tenho certeza de que tudo isso ajudará a elevar o nível do futebol no país.

In pt.fifa.com

Sandra Costa

O futebol faz parte da minha vida. Desde cedo que jogo futebol e decidi criar o Portal Futebol Feminino em Portugal porque senti que ninguém conhecia, sabia ou falava de futebol feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *